Salário de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação 2021 - Reajute salarial atual

Convenção coletiva Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação 2021 para todos os estados e capitais brasileiras. Encontre o valor do piso salarial de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação pelo sindicato, bem como o reajuste salarial desse ano e o aumento salarial em todas as principais localidades da profissão CBO 841810.

O dissídio de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação 2021 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 841810 no cargo de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação.

Categorias profissionais do Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação CBO 841810

— Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
—— Trabalhadores da fabricação de alimentos, bebidas e fumo.
——— Operadores de equipamentos na preparação de alimentos e bebidas.
———— Operadores de equipamentos na fabricação de pães, massas alimentícias, doces, chocolates e achocolatados.

Atividades exercidas por um Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no cargo

preparar massas alimentícias e recheios, produzir massas alimentícias, doces, salgados, achocolatados e chocolates, realizar testes e inspeções em produtos e embalagens, realizar manutenção produtiva em máquinas e equipamentos, trabalhar com higiene e segurança, preparar utensílios, máquinas e equipamentos, demonstrar competências pessoais, controlar processos e linhas de produção.

Aumento do piso salarial e reajuste 2021 da categoria

O reajuste salarial 2021 para Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação ficou em 3.80%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2021 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Operadores de equipamentos na fabricação de pães, massas alimentícias, doces, chocolates e achocolatados que ficou em 3.80% para 2021.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação em 2021 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2021 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Operadores de equipamentos na fabricação de pães, massas alimentícias, doces, chocolates e achocolatados 2021

O salário de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação mostrado aqui é resultado do levantamento de 7693 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2021, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Operadores de equipamentos na fabricação de pães, massas alimentícias, doces, chocolates e achocolatados que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação com salários atualizados em 2021. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação CBO 841810 salário

Valor do salário no dissídio de Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação 2021 em todos os estados

Acre

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Acre de 2021 foi calculado por uma amostragem de 13 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Acre é R$ 1.254,63 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.
  • Rio Branco - AC

  • O salário médio na cidade de Rio Branco é R$ 3.248,00.
  • Piso salarial 2021: R$ 3.090,97.

Alagoas

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em Alagoas de 2021 foi calculado por uma amostragem de 18 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Alagoas é R$ 1.286,75 com uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.223,77.
  • Maceió - AL

  • O salário médio na cidade de Maceió é R$ 1.482,57.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.410,89.

Amazonas

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Amazonas de 2021 foi calculado por uma amostragem de 24 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Amazonas é R$ 1.412,53 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.343,39.
  • Manaus - AM

  • O salário médio na cidade de Manaus é R$ 1.445,94.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.376,04.

Amapá

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Amapá de 2021 foi calculado por uma amostragem de 5 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Amapá é R$ 1.045,00 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.
  • Macapá - AP

  • O salário médio na cidade de Macapá é R$ 1.045,00.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.

Bahia

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação na Bahia de 2021 foi calculado por uma amostragem de 92 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado da Bahia é R$ 1.545,47 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.469,83.
  • Salvador - BA

  • O salário médio na cidade de Salvador é R$ 1.973,38.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.877,98.

Ceará

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Ceará de 2021 foi calculado por uma amostragem de 153 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Ceará é R$ 1.280,97 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.218,27.
  • Fortaleza - CE

  • O salário médio na cidade de Fortaleza é R$ 1.208,71.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.150,27.

Distrito Federal

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Distrito Federal de 2021 foi calculado por uma amostragem de 23 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o Distrito Federal é R$ 1.461,42 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.389,89.
  • Brasília - DF

  • O salário médio na cidade de Brasília é R$ 1.461,42.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.390,77.

Espírito Santo

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Espírito Santo de 2021 foi calculado por uma amostragem de 149 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o Espírito Santo é R$ 1.461,42 com uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.091,45.
  • Vitória - ES

  • O salário médio na capital Vitória é R$ 1.432,45.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.363,19.

Goiás

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em Goiás de 2021 foi calculado por uma amostragem de 355 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Goiás é R$ 1.269,29 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.207,16.
  • Goiânia - GO

  • O salário médio na capital Vitória é R$ 1.442,85.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.373,10.

Maranhão

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Maranhão de 2021 foi calculado por uma amostragem de 3 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Maranhão é R$ 1.354,72 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.288,42.
  • São Luís - MA

  • O salário médio na capital São Luís é R$ 1.500,00.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.427,48.

Minas Gerais

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em Minas Gerais de 2021 foi calculado por uma amostragem de 967 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Minas Gerais é R$ 1.289,27 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.226,17.
  • Belo Horizonte - MG

  • O salário médio na cidade de Belo Horizonte é R$ 1.249,64.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.189,22.

Mato Grosso do Sul

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Mato Grosso do Sul de 2021 foi calculado por uma amostragem de 63 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Mato Grosso do Sul é R$ 1.374,99 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.307,69.
  • Campo Grande - MS

  • O salário médio na cidade de Campo Grande é R$ 1.415,22.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.346,80.

Mato Grosso

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Mato Grosso de 2021 foi calculado por uma amostragem de 60 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Mato Grosso é R$ 1.167,77 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.110,61.
  • Cuiabá - MT

  • O salário médio na cidade de Cuiabá é R$ 1.251,50.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.191,00.

Pará

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação na Pará em 2021 foi calculado por uma amostragem de 50 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Pará é R$ 1.300,43 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.236,78.
  • Balém - PA

  • O salário médio na capital Belém é R$ 1.283,43.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.221,38.

Paraíba

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação na Paraíba de 2021 foi calculado por uma amostragem de 42 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado da Paraíba é R$ 1.225,57 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.165,59.
  • João Pessoa - PB

  • O salário médio na capital João Pessoa é R$ 1.195,73.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.137,92.

Pernambuco

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Pernambuco de 2021 foi calculado por uma amostragem de 130 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Pernambuco é R$ 1.314,99 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.250,62.
  • Recife - PE

  • O salário médio na capital Recife é R$ 1.266,13.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.204,91.

Piauí

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Piauí de 2021 foi calculado por uma amostragem de 19 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Piauí é R$ 1.093,47 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.
  • Teresina - PI

  • O salário médio na capital Teresina é R$ 1.176,18.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.119,32.

Paraná

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Paraná de 2021 foi calculado por uma amostragem de 368 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Paraná é R$ 1.567,18 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.490,47.
  • Curitiba - PR

  • O salário médio na capital Curitiba é R$ 1.607,31.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.529,60.

Rio de Janeiro

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Rio de Janeiro de 2021 foi calculado por uma amostragem de 193 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Rio de Janeiro é R$ 1.764,79 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.678,42.
  • Rio de Janeiro - RJ

  • O salário médio na cidade do Rio de Janeiro é R$ 2.026,96.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.928,97.

Rio Grande do Norte

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Rio Grande do Norte de 2021 foi calculado por uma amostragem de 27 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Rio Grande do Norte é R$ 1.278,49 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.215,91.
  • Natal - RN

  • O salário médio na cidade de Natal é R$ 1.446,24.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.376,33.

Rondônia

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em Rondônia de 2021 foi calculado por uma amostragem de 23 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Rondônia é R$ 1.229,37 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.169,20.
  • Porto Velho - RO

  • O salário médio na cidade de Porto Velho é R$ 1.142,73.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.087,49.

Roraima

Não encontramos dados salariais para o estado de Roraima.

Boa Vista - RR

Não encontramos dados salariais para a cidade de Boa Vista.

Rio Grande do Sul

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Rio Grande do Sul de 2021 foi calculado por uma amostragem de 1694 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Rio Grande do Sul é R$ 1.444,17 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.373,48.
  • Porto Alegre - RS

  • O salário médio na cidade de Porto Alegre é R$ 1.387,76.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.320,67.

Santa Catarina

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em Santa Catarina de 2021 foi calculado por uma amostragem de 496 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Santa Catarina é R$ 1.400,98 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.332,41.
  • Florianópolis - SC

  • O salário médio na cidade de Florianópolis é R$ 1045,00.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.

Sergipe

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Sergipe de 2021 foi calculado por uma amostragem de 5 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Sergipe é R$ 1.082,53 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.
  • Aracajú - SE

  • O salário médio na cidade de Aracajú é R$ 1045,00.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.

São Paulo

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em São Paulo de 2021 foi calculado por uma amostragem de 2714 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de São Paulo é R$ 1.729,32 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.644,68.
  • São Paulo - SP

  • O salário médio na cidade de São Paulo é R$ 1.735,46.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.651,56.

Tocantins

O salário de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no Tocantins de 2021 foi calculado por uma amostragem de 7 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Tocantins é R$ 1.243,87 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2021: R$ 1.182,99.
  • Tocantins - TO

  • O salário médio na cidade de Palmas é R$ 1045,00.
  • Piso salarial 2021: R$ 1045,00.

Top 10 segmentos de empresas que mais contratam Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação

Setores de empresas que mais contratam Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação no momento. Muitas dessas empresas não contratam só Preparador de Massas Alimentícias - na Fabricação como também outros profissionais Operadores de equipamentos na fabricação de pães, massas alimentícias, doces, chocolates e achocolatados.

  1. Fabricação de Massas Alimentícias
  2. Fabricação de Conservas de Frutas
  3. Fabricação de Outros Produtos Alimentícios não Especificados Anteriormente
  4. Fabricação de Produtos de Panificação Industrial
  5. Fabricação de Biscoitos e Bolachas
  6. Fabricação de Frutas Cristalizadas, Balas e Semelhantes
  7. Fabricação de Produtos Derivados do Cacau e de Chocolates
  8. Moagem de Trigo e Fabricação de Derivados
  9. Fabricação de Alimentos e Pratos Prontos
  10. Seleção e Agenciamento de Mão-De-Obra

Aumentos e reajustes de cargos relacionados ao Preparador de Massas Alimentícias – na Fabricação