O dissídio de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 422215 no cargo de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento.

Estado com maior salário médio

Espírito Santo

R$ 2.475,00

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

140 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

São Paulo - SP

R$ 1.993,09

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

104 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de

O que faz um Monitor de Apoio Ao Teleatendimento

O .

Funções do

O profissional Monitor de Apoio Ao Teleatendimento deve demonstrar competências pessoais, cadastrar informações, treinar funcionários, monitorar atendimentos, operar equipamentos, fornecer informações, atender o cliente, comunicar-se, elaborar escalas de trabalho, prestar serviços.

Condições de trabalho da profissão

Operadores de telefonia os trabalhadores dessas ocupações têm vínculo de trabalho assalariado, com carteira assinada. Atuam, predominantemente, em empresas de saúde, serviços sociais, correios e telecomunicações. Trabalham com supervisão, em ambientes fechados, revezamento de turnos, com compromisso de manter sigilo. O trabalho é exercido sob pressão e exposto a ruído intenso, levando a situação de estresse. Os trabalhadores estão sujeitos a lesões buco-maxilar-auditivas e por esforços repetitivos. A transferência de funções de telefonistas para sistemas automatizados de mensagens, bem como a migração para outras ocupações, como telemarketing, tendem a diminuir o emprego nessa ocupação.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um

Um deve redimensionar escala de trabalho para feriados e datas especiais, direcionar cliente a outros serviços, elaborar gráficos de desempenho, responder a questionários de avaliação interna, saudar o cliente, orientar novos funcionários sobre normas internas da empresa, participar de cursos específicos, otimizar distribuição de operadores, identificar-se (nome do atendente), replicar informações da empresa aos funcionários, sugerir agenda de folgas, demonstrar imparcialidade, controlar frequência de funcionários, informar códigos de área nacionais e internacionais, responder questionários mensais sobre procedimentos operacionais, elaborar relatórios mensais, registrar reclamações de trote, consultar banco de dados de procedimentos via internet, pesquisar banco de dados telefônico, demonstrar objetividade, instruir funcionários sobre sistemas operacionais, transmitir normas de atendimento padrão, transmitir informações corretamente, demonstrar capacidade de assimilação, demonstrar pontualidade, demonstrar autocontrole, atualizar código de grupo, demonstrar respeito com o cliente, remanejar dias e turnos de trabalho conforme fluxo de ligações, enviar correio eletrônico, avaliar qualidade de atendimento do operador, simular situações reais, dominar o idioma inglês, conservar equipamentos de trabalho, documentar serviços prestados, elaborar revezamento, ouvir o cliente, encaminhar reclamações ao supervisor, demonstrar prontidão, propor medidas corretivas, completar chamadas nacionais e internacionais, reorientar práticas de trabalho (reciclagem), adequar o tom de voz, retornar contato com cliente, demonstrar agilidade, consultar terminal de informações, atentar para comunicados na tela do computador, identificar pontos de melhoria, comunicar-se em outros idiomas, viabilizar descanso de onze horas, demonstrar segurança, acompanhar execução dos trabalhos, falar formalmente, pronunciar-se claramente, manter sigilo, preencher livros de ocorrências diárias, verificar diariamente correio eletrônico, fazer monitoria ativa, consultar código de grupo, verificar cumprimento das normas de atendimento, monitorar tempo de pausa, atualizar cadastro, orientar funcionários sobre mudanças de procedimento, cadastrar números de telefones, identificar tipo de chamada, escutar atentamente (saber ouvir), demonstrar cordialidade, demonstrar paciência, analisar fluxo diário de ligações, digitar teclados, difundir alerta aos funcionários, permutar dias e turnos de trabalho, atualizar painel de procedimentos, monitorar tempo de atendimento, demonstrar entusiasmo, higienizar equipamentos de trabalho, relatar informações de troca de turno.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Monitor de Apoio Ao Teleatendimento ficou em 5.90%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Operadores de telefonia que ficou em 5.90% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Monitor de Apoio Ao Teleatendimento em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Monitor de Apoio Ao Teleatendimento ficou em 5.00% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 24,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Operadores de telefonia 2024

O salário de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento mostrado aqui é resultado do levantamento de 193 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Operadores de telefonia que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Monitor de Apoio Ao Teleatendimento com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento CBO 422215 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Monitor de Apoio Ao Teleatendimento por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 41h 1.863,44 1.935,66 2.731,66 9,54 7.30%
Rio de Janeiro 43h 1.769,83 1.838,43 2.594,45 8,47 4.90%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento.

Dissídio de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento por cidade

Quanto ganha um Monitor de Apoio Ao Teleatendimento nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 40 1.918,72 1.993,09 2.812,71 9,92 8.30%
Barueri, SP 41 1.798,56 1.868,26 2.636,55 9,11 6.20%
Rio de Janeiro, RJ 44 1.772,75 1.841,45 2.598,72 8,37 7.10%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Monitor de Apoio Ao Teleatendimento. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Monitor de Apoio Ao Teleatendimento no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Atividades de teleatendimento 1.760,06 1.828,27 2.580,11 7.80%
Fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros 1.965,91 2.042,10 2.881,87 4.70%
Comércio varejista especializado de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo 2.025,79 2.104,31 2.969,66 7.20%
Atividades de cobrança e informações cadastrais 1.435,69 1.491,33 2.104,61 7.60%
Atividades de atendimento hospitalar, exceto pronto-socorro e unidades para atendimento a urgências 1.311,80 1.362,64 1.923,00 8.10%
Atividades de associações de defesa de direitos sociais 1.450,45 1.506,67 2.126,25 7.60%
Outras atividades de telecomunicações não especificadas anteriormente 2.749,44 2.856,00 4.030,47 5.80%
Seguros de vida 3.878,19 4.028,50 5.685,14 8.20%
Comércio varejista de livros 2.047,64 2.127,00 3.001,69 8.30%
Serviços de comunicação multimídia - scm 1.636,57 1.700,00 2.399,09 7.50%
Locação de automóveis sem condutor 1.957,31 2.033,17 2.869,27 7.90%
Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas anteriormente 3.999,49 4.154,50 5.862,96 6.70%
Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática 1.511,42 1.570,00 2.215,63 7.00%
Comércio varejista de móveis 1.963,89 2.040,00 2.878,91 6.40%
Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação 1.917,68 1.992,00 2.811,17 6.00%
Planos de saúde 2.012,02 2.090,00 2.949,47 7.50%
Manutenção de estações e redes de telecomunicações 1.667,86 1.732,50 2.444,96 4.30%
Treinamento em informática 1.528,17 1.587,40 2.240,19 7.90%
Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências 1.340,06 1.392,00 1.964,43 5.50%
Construção de redes de abastecimento de água, coleta de esgoto e construções correlatas, exceto obras de irrigação 2.273,87 2.362,00 3.333,33 4.30%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.