O dissídio de Analista de Fundos de Investimento 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 251215 no cargo de Analista de Fundos de Investimento.

Estado com maior salário médio

Amapá

R$ 10.181,60

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

7.373 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

Nova Lima - MG

R$ 8.063,77

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

4.774 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Economista financeiro Realiza planejamento, estudos, análises e previsões de natureza econômica e financeira, aplicando princípios de teoria econômica e áreas afins Analisa as inter-relações das variáveis econômicas e financeiras, como ações, taxas de juros, câmbio, crédito, fundos de pensão, entre outras, em oposição às taxas da economia real para avaliação de risco e tomada de decisão.

Avalia ativos e finanças corporativas Faz a programação econômico-financeira das instituições, acompanhando indicadores de mercado e execução orçamentária Desenvolve produtos financeiros e subsidia formulação de normas, regulamentos e contratos.

Examina finanças empresariais, nacionais e internacionais Exerce mediação, estabelecendo sentença arbitral Elabora boletins econômicos e relatórios e ministra palestras e cursos.

Cumpre normas técnicas, regulamentadoras, de saúde e segurança no trabalho e de proteção ambiental

O que faz um Analista de Fundos de Investimento

O Economista financeiro realiza análise micro e macroeconômica do ambiente, investigando conjunturas e cenários, atuando em organizações do setor público e privado como bancos, órgãos normativos, entidades supervisoras e operadores do Sistema Financeiro Nacional, institutos de pesquisa econômica, bolsa de valores e organizações que precisam de previsões e análises econômicas Analisa tendências setoriais e regionais, de curto, médio e longo prazos, considerando o ambiente político-institucional.

Elabora previsões.

Gerencia bancos de dados, analisando informações de natureza econômico-financeira Analisa contas nacionais e índices de preços.

Utiliza formulações matemáticas, estatísticas e de modelagem, na análise dos fenômenos financeiros Analisa ativos do mercado financeiro como moedas, títulos, ações, créditos, mercadorias, commodities, entre outros.

Elabora projetos de pesquisa e realiza estudos de viabilidade econômico-financeira.

Realiza estudos de mercado para avaliar a concorrência, o planejamento e a programação empresarial frente aos planos econômicos Delimita problema de pesquisa, objeto, justificativa e fontes de informação.

Define metodologia e cronograma.

Dimensiona recursos, faz orçamentos e propõe negociações Realiza estudos de viabilidade e de impacto econômico-social relacionados ao meio ambiente, ao desenvolvimento sustentável e aos recursos naturais, incluindo o mercado de crédito de carbono Executa e coordena projetos no campo das ciências econômicas, desenvolvendo instrumentos de coleta e indicadores.

Recruta, seleciona e treina equipes Coleta, processa e critica dados, interpreta resultados e propõe ações Participa dos planejamentos estratégico e de curto e médio prazos de instituições públicas e privadas.

Identifica estrutura de mercado, oportunidades e ameaças oriundas do micro e macroambiente e projeções de demanda por produtos e serviços financeiros e das dinâmicas de crescimento, de inflação e de taxas de juros Analisa mercado financeiro, de capitais e derivativos.

Analisa e prevê atuação da concorrência e faz estimativas de custos, resultados, rentabilidade, viabilidade econômico-financeira e impactos sociais e ambientais Enumera alternativas de ação, planeja investimentos e seleciona fontes de financiamento Executa atividades em mesas de operações em instituições financeiras, como cotação de taxas para operações de crédito e de investimento.

Presta apoio quando da implementação de políticas tributária, orçamentária, fiscal, monetária, cambial e creditícia, bem como de planos, programas e projetos de natureza econômico-financeira, nas esferas municipal, estadual e federal Acompanha indicadores de mercado e execução de orçamentos públicos e privados, além da avaliação de seus resultados Faz a gestão do fluxo de caixa da instituição e administra carteira de clientes e riscos financeiros.

Desenvolve e atribui preço a produtos e serviços financeiros e detecta novos mercados Acompanha o comportamento dos preços dos principais ativos financeiros Subsidia formulação de normas, regulamentos e contratos.

Representa interesses em negociações nacionais e internacionais Analisa finanças corporativas, calculando valor de mercado da empresa e de bens intangíveis Avalia informações e documentos de instituições para aferição de riscos Efetua análise de crédito, investimentos e de demonstrações financeiras e indica possibilidades de fusão, aquisição e parceria Escreve artigos, livros, boletins econômicos e relatórios.

Ministra palestras e cursos, dialoga com a mídia e apresenta comunicações em eventos Presta assessoria e consultoria a instituições para a realização de pesquisas econômico-financeiras Pode realizar estudos e cálculos atuariais nos âmbitos previdenciário e de seguros Exerce a profissão com base em princípios e valores éticos, prezando pela justiça social, liberdade, humanidade e compromisso com o desenvolvimento profissional e intelectual da pessoa humana e com o progresso da sociedade.

Funções do Economista financeiro

O profissional Analista de Fundos de Investimento deve analisar ambiente econômico, gerir programação econômico-financeira, elaborar projetos (pesquisa econômica, de mercados, viabilidade econômica etc), comunicar-se, examinar finanças empresariais, demonstrar competências pessoais, participar do planejamento estratégico e de curto prazo, exercer mediação, perícia e arbitragem, executar projetos (pesquisa econômica, de mercados, viabilidade econômica etc), atuar nos mercados internos e externos.

Condições de trabalho da profissão

Economistas atuam em empresas das diversas atividades econômicas como intermediação financeira, seguros e previdência privada, administração pública, seguridade social, empresas de consultoria econômica, na agricultura, pecuária, indústria e serviços relacionados com essas atividades, no comércio por atacado e intermediários do comércio. São majoritariamente estatutários ou assalariados com carteira assinada, trabalham em equipe, com supervisão permanente, em ambiente fechado e em horário diurno.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Economista financeiro

Um Economista financeiro deve demonstrar capacidade verbal línguas estrangeiras, estimar resultados, subsidiar formulação de normas, regulamentos e contratos, demonstrar capacidade de liderança, estimar custos privados, administrar carteira de cliente (portfólio), detectar novos mercados, manter-se atualizado, estabelecer sentença arbitral, mostrar criatividade, dialogar com a mídia, gerir fluxo de caixa, delimitar objeto, determinar fontes, demonstrar capacidade de uso de recursos de informática, efetuar análise de demonstrativo financeiro, indicar fusão, aquisição, parceria etc, coordenar projetos, desenvolver indicadores, desenvolver instrumentos de coleta, justificar projeto, treinar equipe, realizar análises setoriais e regionais, levantar bibliografia, gerenciar bancos de dados, identificar estrutura de mercado (concorrência), demonstrar raciocínio lógico, dimensionar recursos humanos e físicos, definir metodologia, construir cenários, revelar julgamento crítico, representar interesses em negociações nacionais e internacionais, definir produtos e resultados, verificar informações da empresa (due diligence), estimar impactos sociais e ambientais (externalidades), interpretar resultados, analisar conjunturas, estimar demanda, orçar projetos, delinear problema, planejar investimentos (orçamentos de capital), acompanhar indicadores de mercado, acompanhar execução orçamentária, analisar tendências de longo prazo, criar produtos financeiros, efetuar análise de crédito, subsidiar decisões, calcular valor de mercado da empresa, prever atuação dos concorrentes, selecionar fontes de financiamento, administrar riscos, analisar ambiente político-institucional, apresentar comunicações em eventos, negociar projetos, identificar oportunidades e ameaças no ambiente e na organização, coletar dados, adaptar linguagem ao público, precificar produtos e serviços, recrutar equipe, mediar conflitos de interesse, formular conceitos abstratos, definir cronograma, processar dados, propor ações, escrever artigos, livros, boletins econômicos e relatórios, estimar rentabilidade e viabilidade econômico-financeira, ministrar cursos, elencar alternativas de ação, proferir palestras, transmitir conhecimentos, aplicar métodos quantitativos, trabalhar em equipe, criticar dados.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Analista de Fundos de Investimento ficou em 4.40%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Analista de Fundos de Investimento e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Economistas que ficou em 4.40% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Analista de Fundos de Investimento em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Analista de Fundos de Investimento ficou em 9.00% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 33,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Economistas 2024

O salário de Analista de Fundos de Investimento mostrado aqui é resultado do levantamento de 13377 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Economistas que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Analista de Fundos de Investimento com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Analista de Fundos de Investimento CBO 251215 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Analista de Fundos de Investimento em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Analista de Fundos de Investimento por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 43h 5.369,59 5.577,70 7.871,42 26,19 4.70%
Minas Gerais 43h 4.198,86 4.361,59 6.155,21 20,23 6.10%
Rio de Janeiro 42h 5.357,27 5.564,91 7.853,36 26,76 6.50%
Paraná 43h 3.828,96 3.977,36 5.612,96 18,50 7.70%
Santa Catarina 42h 3.574,79 3.713,34 5.240,37 17,59 4.40%
Rio Grande do Sul 43h 3.857,00 4.006,48 5.654,07 18,60 5.80%
Goiás 43h 3.364,07 3.494,45 4.931,47 16,14 5.50%
Ceará 43h 3.722,63 3.866,90 5.457,09 17,79 5.30%
Mato Grosso 44h 3.330,13 3.459,20 4.881,72 15,90 4.60%
Espírito Santo 42h 3.770,86 3.917,00 5.527,79 18,79 6.20%
Pernambuco 43h 3.141,19 3.262,93 4.604,74 15,24 8.00%
Bahia 43h 3.427,76 3.560,61 5.024,85 16,47 4.80%
Distrito Federal 42h 7.173,78 7.451,82 10.516,23 35,71 5.90%
Pará 42h 5.285,77 5.490,63 7.748,54 25,94 7.30%
Maranhão 44h 3.921,22 4.073,20 5.748,22 18,72 6.10%
Mato Grosso do Sul 44h 3.176,83 3.299,96 4.657,00 15,12 5.90%
Amazonas 43h 3.657,88 3.799,65 5.362,18 17,74 4.20%
Alagoas 44h 4.133,79 4.294,00 6.059,82 19,52 7.90%
Rio Grande do Norte 44h 2.761,62 2.868,66 4.048,33 13,12 7.20%
Paraíba 44h 3.145,53 3.267,44 4.611,11 14,95 4.70%
Tocantins 44h 3.247,72 3.373,59 4.760,91 15,33 7.70%
Sergipe 44h 3.652,19 3.793,73 5.353,83 17,35 5.30%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Analista de Fundos de Investimento.

Dissídio de Analista de Fundos de Investimento por cidade

Quanto ganha um Analista de Fundos de Investimento nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Analista de Fundos de Investimento na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 42 6.022,63 6.256,05 8.828,72 29,60 6.90%
Rio de Janeiro, RJ 41 5.715,56 5.937,08 8.378,59 28,63 4.40%
Curitiba, PR 43 3.755,35 3.900,89 5.505,06 18,32 6.80%
Belo Horizonte, MG 43 4.345,75 4.514,18 6.370,54 20,95 4.80%
Barueri, SP 43 4.781,92 4.967,26 7.009,94 23,20 6.30%
Campinas, SP 43 4.597,89 4.776,09 6.740,17 22,29 4.50%
Goiânia, GO 43 3.354,10 3.484,09 4.916,86 16,02 6.50%
Blumenau, SC 39 2.537,91 2.636,27 3.720,38 13,63 6.00%
Fortaleza, CE 43 3.383,64 3.514,78 4.960,16 16,22 6.30%
Porto Alegre, RS 43 4.204,33 4.367,28 6.163,23 20,31 6.00%
Brasília, DF 42 7.173,78 7.451,82 10.516,23 35,71 5.80%
São Bernardo do Campo, SP 43 4.705,34 4.887,71 6.897,68 22,60 6.90%
Joinville, SC 43 3.958,08 4.111,48 5.802,24 18,97 4.20%
Recife, PE 43 3.490,35 3.625,63 5.116,60 16,81 4.90%
Salvador, BA 43 3.453,53 3.587,38 5.062,61 16,62 7.40%
Itajaí, SC 43 3.812,71 3.960,48 5.589,15 18,25 5.70%
Uberlândia, MG 44 3.495,89 3.631,38 5.124,71 16,58 7.40%
Jundiaí, SP 43 4.018,14 4.173,87 5.890,29 19,21 7.40%
Ribeirão Preto, SP 44 3.371,00 3.501,66 4.941,64 16,00 7.20%
Guarulhos, SP 44 3.917,75 4.069,60 5.743,13 18,67 5.20%
Santo André, SP 44 4.122,32 4.282,09 6.043,01 19,65 7.50%
São José dos Campos, SP 42 5.689,80 5.910,32 8.340,83 27,82 4.10%
Indaiatuba, SP 43 4.322,14 4.489,66 6.335,94 20,74 6.70%
Caxias do Sul, RS 43 3.711,88 3.855,74 5.441,34 17,85 5.60%
Nova Lima, MG 42 7.762,90 8.063,77 11.379,83 38,54 5.90%
Valinhos, SP 43 4.563,54 4.740,40 6.689,80 21,96 7.40%
Florianópolis, SC 42 5.281,06 5.485,74 7.741,64 26,00 7.70%
Sorocaba, SP 43 3.421,05 3.553,64 5.015,00 16,53 5.90%
Vitoria, ES 38 4.970,20 5.162,83 7.285,94 26,83 8.00%
Cuiabá, MT 44 3.230,15 3.355,34 4.735,16 15,28 6.40%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Analista de Fundos de Investimento. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Analista de Fundos de Investimento no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Locação de mão-de-obra temporária 3.928,22 4.080,46 5.758,47 5.60%
Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 4.699,54 4.881,68 6.889,17 4.90%
Atividades de consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica 7.872,42 8.177,53 11.540,38 7.30%
Atividades de administração de fundos por contrato ou comissão 8.981,76 9.329,86 13.166,58 4.50%
Atividades de contabilidade 3.118,23 3.239,08 4.571,09 6.10%
Holdings de instituições não-financeiras 6.073,57 6.308,97 8.903,40 4.50%
Transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional 3.425,03 3.557,78 5.020,84 4.10%
Incorporação de empreendimentos imobiliários 4.332,85 4.500,78 6.351,64 4.50%
Atividades de atendimento hospitalar, exceto pronto-socorro e unidades para atendimento a urgências 5.172,82 5.373,30 7.582,96 6.70%
Construção de edifícios 3.645,13 3.786,41 5.343,49 4.70%
Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários 3.954,29 4.107,54 5.796,69 5.90%
Serviços de engenharia 5.147,01 5.346,49 7.545,13 6.00%
Atividades de teleatendimento 3.648,42 3.789,82 5.348,31 6.30%
Extração de minério de ferro 9.293,22 9.653,40 13.623,16 8.20%
Preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo 2.922,18 3.035,44 4.283,70 6.60%
Planos de saúde 4.013,08 4.168,62 5.882,88 5.30%
Outras atividades auxiliares dos serviços financeiros não especificadas anteriormente 5.607,73 5.825,07 8.220,51 7.00%
Serviços de comunicação multimídia - scm 7.535,28 7.827,32 11.046,15 7.30%
Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis 5.146,23 5.345,68 7.543,98 5.50%
Bancos múltiplos, com carteira comercial 10.223,11 10.619,33 14.986,32 8.10%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.