O dissídio de Agente de Vendas de Serviços 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 354120 no cargo de Agente de Vendas de Serviços.

Estado com maior salário médio

São Paulo

R$ 2.542,18

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

26.657 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

Barretos - SP

R$ 6.870,30

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

13.333 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Agente de vendas de serviços promove a venda de prestação de serviços a empresas ou instituições, planejando estratégias, divulgando os serviços oferecidos e entrando em contato com potenciais clientes Concretiza vendas e realiza o acompanhamento da prestação de serviços, fornecendo informações e providenciando apoio técnico ao cliente.

Coleta sugestões para aprimorar o serviço e a política de vendas Segue procedimentos, políticas de venda e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

O que faz um Agente de Vendas de Serviços

O Agente de vendas de serviços promove a venda de prestação de serviços, tais como proteção contra roubos e incêndios, limpeza, portaria, entre outros Planeja sua atuação de acordo com o plano de vendas da empresa.

Pesquisa ações dos concorrentes, discute estratégias com o superior e analisa clientes potenciais.

Cadastra clientes Pode elaborar roteiro de visitas.

Apresenta e divulga os serviços oferecidos, utilizando técnicas mercadológicas Contata potenciais clientes, podendo enviar mala direta ou usar estratégias digitais (e-mail, redes sociais ou outras).

Identifica as necessidades de serviços das empresas, utilizando recursos e técnicas de vendas e de negociação.

Pode expor características e benefícios do serviço, informar seus dados técnicos, apresentar tabelas de preços e mostrar formas de pagamento Relaciona-se com os clientes seguindo procedimentos do tipo de canal de vendas.

Organiza e elabora documentos para o fechamento da venda, conforme procedimentos fiscais e da empresa.

Providencia atualização dos dados do cliente, prepara especificações dos serviços, elabora termos de crédito ou contrato e estabelece prazo para início da prestação de serviço Controla o processo de venda de serviços, acompanhando-o desde sua aprovação até a fase final, para evitar ou corrigir falhas eventuais Realiza o acompanhamento da prestação de serviços, recebendo reclamações, providenciando apoio técnico para solucionar problemas, fornecendo informações e sanando dúvidas dos clientes.

Atua de forma a manter os clientes que conquistou Aplica pesquisa de satisfação do cliente e usa outras técnicas para levantar sugestões para aprimorar o serviço e a política de vendas Elabora relatórios e estatísticas.

Consulta publicações técnicas Participa de feiras relacionadas à venda de serviços.

Entra em contato com áreas internas da empresa, requisitando material de divulgação, encaminhando documentação do cliente e checando irregularidades na prestação de serviços Utiliza sistemas informatizados para informar e controlar vendas e pós-venda.

Funções do Agente de vendas de serviços

O profissional Agente de Vendas de Serviços deve acompanhar clientes pós-venda e/ou visita, concretizar vendas, planejar visitas e contatos, demonstrar competências pessoais, contatar Áreas internas da empresa, sugerir políticas de vendas, divulgar produtos e serviços, participar de eventos.

Condições de trabalho da profissão

Especialistas em promoção de produtos e vendas trabalham em empresas do comércio varejista e atacadista, e/ou em indústrias e/ou nos serviços, como assalariados ou prestando serviços para as mesmas, como autônomos. O trabalho é exercido presencialmente ou à distância, de forma individual, sem supervisão, em ambientes fechados, com deslocamentos constantes no trânsito e em horários irregulares. Podem trabalhar sob pressão de metas de venda, o que pode ocasionar estresse.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Agente de vendas de serviços

Um Agente de vendas de serviços deve tomar decisões, cumprir cotas de venda do produto, requisitar material de consumo, comunicar aos clientes alterações nos produtos e/ou serviços, demonstrar criatividade, demonstrar senso de organização, esclarecer dúvidas do contrato, discriminar tipos de serviços, requisitar material de divulgação, auxiliar na escolha dos produtos, contatar clientes, expor produtos em locais definidos pela empresa, encaminhar documentação do cliente, atender solicitação de clientes, demonstrar resiliência, visitar área industrial da empresa, transmitir pedido de venda ao escritório central, pesquisar ações dos concorrentes, verificar ficha cadastral do cliente, convidar clientes para visitar empresa, comunicar as transações realizadas, enviar mala direta aos clientes, identificar necessidades do cliente, explicar formas de pagamento, sugerir novos mercados consumidores, discriminar tipos de produtos, agendar horário, participar de lançamento de novos produtos, demonstrar capacidade de liderança, renovar contratos, participar de reuniões, demonstrar capacidade de negociação, apresentar proposta ao cliente, definir autonomia para negociação, elaborar relatórios e estatísticas, apresentar tabelas de preços, participar de palestras relacionadas a área, filtrar informações para melhorar serviços, sugerir melhorias ao processo promocional e comercial, informar ao superior resultados de vendas, treinar novos funcionários, checar irregularidades na entrega dos produtos, demonstrar capacidade de escuta atenta (saber ouvir), demonstrar características e benefícios do produto, priorizar pedidos e/ou ações para clientes especiais, receber indicação de futuros clientes, fazer itinerário de visitas, integrar novos funcionários, demonstrar flexibilidade, calcular custo do produto, controlar vendas efetuadas, enviar brindes ao cliente, alterar contratos de clientes, convidar clientes para lançamento de produtos, estabelecer prazos de entrega dos produtos, demonstrar capacidade de persuasão, trabalhar em equipe, prever vendas, demonstrar capacidade de gerenciar tempo, contornar situações adversas, esclarecer dados técnicos do produto ao cliente, preencher contrato, analisar potencial de clientes, verificar opiniões do cliente, entrevistar novos candidatos, definir estratégia de marketing, dar retorno das sugestões ao cliente, divulgar ações promocionais aos funcionários, controlar questionário de pesquisa de satisfação do cliente, trabalhar sob pressão, participar de treinamento de técnica de venda, verificar prazo de entrega dos produtos, demonstrar senso ético, orientar cliente e revendedor na distribuição de display, tirar pedidos de produtos, participar de cursos de aperfeiçoamento, assessorar os vendedores na venda, discutir estratégias com o superior, consultar publicações técnicas, classificar clientes por faturamento, demonstrar habilidade de comunicação verbal, obter informações de pré-venda, esclarecer dúvidas do pedido, demonstrar confiança, visitar cliente pós-venda, preparar cadastro de novos clientes, participar de feiras relacionadas a área, explicar objetivos da visita, definir participação no mercado, encaminhar cliente para cadastro.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Agente de Vendas de Serviços ficou em 6.20%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Agente de Vendas de Serviços e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Especialistas em promoção de produtos e vendas que ficou em 6.20% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Agente de Vendas de Serviços em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Agente de Vendas de Serviços ficou em 4.80% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 20,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Especialistas em promoção de produtos e vendas 2024

O salário de Agente de Vendas de Serviços mostrado aqui é resultado do levantamento de 75961 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Especialistas em promoção de produtos e vendas que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Agente de Vendas de Serviços com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Agente de Vendas de Serviços CBO 354120 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Agente de Vendas de Serviços em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Agente de Vendas de Serviços por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 43h 2.447,32 2.542,18 3.587,59 11,93 5.90%
Rio de Janeiro 42h 1.653,91 1.718,01 2.424,51 8,14 7.70%
Minas Gerais 43h 1.828,50 1.899,36 2.680,44 8,90 6.70%
Paraná 43h 2.110,79 2.192,60 3.094,27 10,20 5.50%
Santa Catarina 43h 2.308,63 2.398,11 3.384,28 11,12 6.00%
Rio Grande do Sul 43h 2.058,76 2.138,55 3.017,98 9,93 5.50%
Goiás 43h 1.702,14 1.768,11 2.495,21 8,13 8.30%
Pernambuco 44h 1.552,21 1.612,37 2.275,43 7,39 7.00%
Ceará 44h 1.566,28 1.626,98 2.296,05 7,45 7.10%
Bahia 44h 1.584,67 1.646,09 2.323,01 7,57 6.80%
Distrito Federal 43h 1.700,72 1.766,63 2.493,12 8,22 6.30%
Espírito Santo 43h 1.772,09 1.840,77 2.597,75 8,55 6.60%
Mato Grosso 43h 1.911,49 1.985,58 2.802,11 9,15 4.20%
Mato Grosso do Sul 43h 1.645,87 1.709,66 2.412,73 7,99 6.90%
Pará 44h 1.523,93 1.583,00 2.233,97 7,27 6.40%
Maranhão 44h 1.543,25 1.603,06 2.262,28 7,34 4.60%
Alagoas 44h 1.422,69 1.477,83 2.085,56 6,75 4.80%
Amazonas 43h 1.672,88 1.737,72 2.452,32 8,01 7.80%
Rio Grande do Norte 44h 1.535,24 1.594,74 2.250,54 7,30 6.80%
Piauí 44h 1.425,69 1.480,95 2.089,96 6,77 6.50%
Paraíba 44h 1.551,38 1.611,50 2.274,20 7,38 4.50%
Sergipe 43h 1.470,81 1.527,82 2.156,10 7,06 8.30%
Tocantins 44h 1.636,09 1.699,50 2.398,39 7,78 5.20%
Rondônia 44h 1.641,42 1.705,04 2.406,20 7,82 7.50%
Roraima 44h 1.374,84 1.428,12 2.015,41 6,51 7.00%
Acre 44h 1.367,03 1.420,02 2.003,97 6,49 4.50%
Amapá 44h 1.574,16 1.635,17 2.307,59 7,51 5.10%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Agente de Vendas de Serviços.

Dissídio de Agente de Vendas de Serviços por cidade

Quanto ganha um Agente de Vendas de Serviços nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Agente de Vendas de Serviços na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 42 2.683,89 2.787,91 3.934,38 13,15 5.00%
Rio de Janeiro, RJ 42 1.893,67 1.967,07 2.775,98 9,27 7.40%
Rio Bonito, RJ 41 1.349,76 1.402,08 1.978,65 6,79 4.40%
Belo Horizonte, MG 43 2.216,46 2.302,36 3.249,17 10,76 7.30%
Curitiba, PR 43 2.445,89 2.540,68 3.585,49 11,95 6.50%
Goiânia, GO 44 1.686,10 1.751,44 2.471,69 8,05 5.10%
Barueri, SP 43 2.807,20 2.916,00 4.115,15 13,66 8.30%
Fortaleza, CE 44 1.618,25 1.680,97 2.372,23 7,72 4.20%
Brasília, DF 43 1.700,72 1.766,63 2.493,12 8,22 8.20%
Olinda, PE 44 1.346,25 1.398,42 1.973,50 6,36 7.20%
Porto Alegre, RS 42 2.388,50 2.481,07 3.501,36 11,68 7.60%
Campinas, SP 43 2.514,20 2.611,64 3.685,63 12,25 4.90%
Salvador, BA 44 1.671,75 1.736,54 2.450,65 7,97 8.10%
Florianópolis, SC 43 2.525,07 2.622,93 3.701,56 12,31 5.70%
Maringá, PR 43 1.727,45 1.794,40 2.532,32 8,34 6.40%
Recife, PE 43 1.987,78 2.064,82 2.913,94 9,59 7.90%
Manaus, AM 43 1.678,56 1.743,61 2.460,64 8,04 5.80%
Betim, MG 38 1.403,09 1.457,46 2.056,82 7,72 7.40%
São Luís, MA 44 1.571,79 1.632,70 2.304,12 7,47 8.00%
Ribeirão Preto, SP 44 2.054,26 2.133,87 3.011,39 9,80 7.10%
Joinville, SC 43 2.768,56 2.875,86 4.058,50 13,50 7.70%
Sorocaba, SP 44 1.976,54 2.053,14 2.897,45 9,43 4.80%
Guarulhos, SP 43 2.441,68 2.536,32 3.579,33 11,75 6.60%
São Bernardo do Campo, SP 42 2.395,34 2.488,18 3.511,39 11,79 6.70%
Paulínia, SP 36 1.517,78 1.576,61 2.224,95 8,65 5.40%
Teresina, PI 44 1.415,24 1.470,09 2.074,64 6,71 7.30%
São José dos Campos, SP 43 2.137,10 2.219,92 3.132,82 10,33 5.70%
Campo Grande, MS 44 1.677,33 1.742,34 2.458,85 7,99 6.10%
Uberlândia, MG 43 1.936,66 2.011,72 2.839,00 9,30 4.50%
Itajaí, SC 43 2.776,28 2.883,88 4.069,82 13,34 7.40%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Agente de Vendas de Serviços. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Agente de Vendas de Serviços no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Marketing direto 1.391,12 1.445,03 2.039,27 6.80%
Locação de automóveis sem condutor 1.778,53 1.847,46 2.607,20 6.10%
Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários 1.878,48 1.951,28 2.753,71 6.80%
Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios 1.652,47 1.716,52 2.422,40 5.20%
Treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial 1.592,67 1.654,40 2.334,74 7.80%
Locação de mão-de-obra temporária 1.839,81 1.911,12 2.697,03 5.90%
Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 2.056,97 2.136,69 3.015,36 6.70%
Promoção de vendas 1.457,04 1.513,51 2.135,91 6.00%
Educação profissional de nível técnico 1.459,30 1.515,86 2.139,23 5.30%
Atividades de estética e outros serviços de cuidados com a beleza 1.592,40 1.654,12 2.334,35 5.00%
Preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo 1.649,34 1.713,26 2.417,80 6.30%
Atividade odontológica com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos 1.547,60 1.607,58 2.268,67 4.10%
Atividades de cobrança e informações cadastrais 1.661,28 1.725,66 2.435,31 5.70%
Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas anteriormente 2.061,55 2.141,45 3.022,08 8.10%
Ensino de idiomas 1.526,76 1.585,93 2.238,12 7.30%
Atividades de teleatendimento 1.574,12 1.635,13 2.307,54 7.90%
Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na internet 2.487,62 2.584,03 3.646,66 8.20%
Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação 2.542,24 2.640,77 3.726,74 6.80%
Comércio varejista especializado de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo 1.678,09 1.743,12 2.459,95 4.70%
Educação superior - graduação e pós-graduação 1.716,81 1.783,35 2.516,72 7.10%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.