O dissídio de Psicólogo da Saúde 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 251510 no cargo de Psicólogo da Saúde.

Estado com maior salário médio

Roraima

R$ 5.743,31

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

4.619 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

Colatina - ES

R$ 6.081,16

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

1.444 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Psicólogo clínico Presta atendimento psicológico a indivíduos, casais, grupos e instituições, em contextos variados, para a promoção, a prevenção e o tratamento de saúde mental, empregando métodos psicológicos de acolhimento, orientação, aconselhamento e psicoterapia Faz anamnese detalhada, oferece diagnóstico clínico e define abordagem terapêutica para o atendimento, a fim de restabelecer a saúde psíquica, promover o autoconhecimento, aliviar o sofrimento emocional, tratar transtornos mentais e promover o autocuidado.

Desenvolve atividades relacionadas ao comportamento humano, às relações sociais, aos transtornos globais do desenvolvimento, de humor, de personalidade e de outras psicopatologias Participa de programas de pesquisa, treinamento e desenvolvimento de políticas de saúde mental Atua na prevenção e no tratamento de pessoas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas.

O que faz um Psicólogo da Saúde

O Psicólogo clínico presta atendimentos psicológicos a indivíduos, casais, famílias e instituições, em contextos variados de espaços psicoterapêuticos (settings) e a todas as faixas etárias, com finalidades de promoção, prevenção e tratamento de saúde mental Faz anamnese detalhada das pessoas atendidas, de acordo com o contexto familiar, social, histórico e cultural, avaliando comportamentos psicológicos, entrevistando, levantando dados, observando pessoas e situações.

Seleciona e emprega instrumentos e métodos de avaliação, mensurando, analisando e registrando resultados.

Elabora diagnósticos e prognósticos e realiza tratamento psicológico das pessoas atendidas, conforme o contexto de sofrimentos, conflitos, transtornos psíquicos e inabilidades sociais, dando devolutiva dos casos, mantendo sigilo profissional Propõe estratégias psicoterápicas para a redução e superação de problemas psicológicos, transtornos globais do desenvolvimento, de humor, de personalidade, de aprendizagem e outras psicopatologias.

Acompanha a evolução dos casos e os resultados das intervenções realizadas Analisa indivíduos, grupos e instituições, provendo suporte emocional, proporcionando criação de vínculo atendido-psicólogo, interpretando, mediando e elucidando conflitos e questões, promovendo o desenvolvimento das relações interpessoais e da percepção interna (insight).

Orienta indivíduos, grupos e instituições, propondo intervenções, informando sobre desenvolvimento psicológico, orientando mudanças de comportamento, aconselhando pessoas, grupos e famílias.

Orienta sobre programas de saúde pública, realizando encaminhamentos necessários Pode atuar na prevenção e no tratamento de pessoas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas.

Forma indivíduos e grupos com foco na psicologia clínica, ministrando aulas, cursos e palestras, estudando casos, apresentando estudos de caso.

Supervisiona estagiários da área da psicologia clínica e áreas afins Coordena grupos de estudo, visando a formação de especialistas da área, capacitando profissionais e desenvolvendo cursos para grupos específicos Desenvolve pesquisas experimentais, teóricas e clínicas visando investigar o psiquismo humano e o comportamento individual, grupal e institucional, a aquisição de autonomia, melhora da estima e qualidade de vida e a recuperação e manutenção da saúde mental.

Elabora projeto de pesquisa, definindo os objetivos, pesquisando bibliografia, definindo metodologias, estabelecendo parâmetros de pesquisa, definindo instrumentos de pesquisa, padronizando testes, coletando, organizando e analisando dados, elaborando conclusões e documentando a pesquisa Pode participar de programas de pesquisa, treinamento e desenvolvimento de políticas de saúde mental Coordena equipes e atividades, planejando e programando as atividades, distribuindo tarefas, coordenando reuniões, organizando eventos, providenciando recursos necessários, avaliando propostas e projetos, avaliando a execução das ações.

Pode prestar consultoria e assessoria Participa de atividades de divulgação, palestras, debates, entrevistas, congressos, seminários e simpósios.

Publica artigos, ensaios, livros científicos e notas técnicas Pode participar de comissões técnicas, conselhos municipais, estaduais e federais, entidades de classe, fornecendo subsídios a estratégias e políticas organizacionais e subsídios à elaboração de legislação pertinente Realiza tarefas administrativas, agendando atendimentos, preenchendo formulários e cadastro, organizando prontuários, sistematizando informações, fazendo levantamentos estatísticos, elaborando pareceres, laudos e perícias, providenciando aquisição de material técnico necessário às atividades.

.

Funções do Psicólogo clínico

O profissional Psicólogo da Saúde deve demonstrar competências pessoais, acompanhar indivíduos, grupos e instituições, analisar - tratar indivíduos, grupos e instituições, realizar tarefas administrativas, avaliar comportamentos psíquicos, orientar indivíduos, grupos e instituições, educar indivíduos, grupos e instituições, coordenar equipes e atividades, participar de atividades para divulgação profissional, desenvolver pesquisas experimentais, teóricas e clínicas.

Condições de trabalho da profissão

Psicólogos e psicanalistas os cargos dessa família CBO atuam, principalmente, em atividades ligadas a saúde, serviços sociais e pessoais e educação. Podem trabalhar como autônomos e/ou com carteira assinada, individualmente ou em equipes. É comum os psicólogos clínico, hospitalar, social e neuropsicólogos trabalharem com supervisão. Têm como local de trabalho ambientes fechados ou, no caso dos neuropsicólogos e psicólogos jurídicos, pode ser a céu aberto. Os psicólogos clínicos, sociais e os psicanalistas, eventualmente, trabalham em horários irregulares. Alguns deles trabalham sob pressão, em posições desconfortáveis durante longos períodos, confinados (psicólogos clínicos e sociais) e expostos a radiação (neuropsicólogo) e ruídos intensos. A ocupação psicanalista não é uma especialização, é uma formação, que segue princípios, processos e procedimentos definidos pelas instituições reconhecidas internacionalmente, podendo o psicanalista ter diferentes formações como: psicólogo, psiquiatra, médico, filósofo etc.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Psicólogo clínico

Um Psicólogo clínico deve elaborar processo de alta, trabalhar em equipe, informar sobre desenvolvimento do psiquismo humano, estudar casos, tornar consciente o inconsciente, fornecer subsídios a estratégias e políticas organizacionais, demonstrar capacidade de observação, coletar dados, investigar pessoas, situações e problemas, elaborar manuais, avaliar propostas e projetos, promover integração psíquica, investigar comportamento animal, investigar o comportamento individual, grupal e institucional, desenvolver cursos para grupos específicos, demonstrar habilidade de questionar, participar de entidades de classe, demonstrar interesse pela pessoa/ser humano, analisar dados, fazer levantamentos estatísticos, propiciar espaço para acolhimento de vivências emocionais (setting terapêutico), identificar recursos da comunidade, organizar dados, acompanhar resultados de projetos, propor intervenções, dar devolutiva, trabalhar a dinâmica da equipe, realizar acompanhamento terapêutico, elucidar conflitos e questões, definir metodologias de ação, mensurar resultados de instrumentos de avaliação, ministrar aulas, cursos e palestras, prover suporte emocional, avaliar resultados, propiciar criação de vínculo paciente-terapeuta, programar atividades, padronizar testes, aconselhar pessoas, grupos e famílias, investigar o psiquismo humano, definir problema e objetivos, ouvir ativamente (saber ouvir), facilitar grupos, coordenar reuniões, manter sigilo profissional, avaliar a execução das ações, auxiliar na formulação de políticas públicas, elaborar instrumentos de avaliação administrativa, prestar consultoria/assessoria, elaborar pareceres, laudos e perícias, agendar atendimentos, participar de palestras, debates e entrevistas, distribuir tarefas à equipe, demonstrar capacidade de contornar situações adversas, organizar prontuários, supervisionar estagiários da área e áreas afins, realizar encaminhamento, demonstrar capacidade de manter imparcialidade, escolher o instrumento de avaliação, mediar conflitos, elaborar diagnósticos, convocar pessoas, visitar domicílios, publicar artigos, ensaios, livros científicos e notas técnicas, fornecer subsídios à elaboração de legislação, participar de comissões técnicas, respeitar os limites de atuação, realizar orientação vocacional, planejar as atividades da equipe, participar de plantão técnico, orientar sobre programas de saúde pública, acompanhar a evolução do caso, preencher formulários e cadastro, construir instrumentos de pesquisa, promover desenvolvimento das relações interpessoais, supervisionar profissionais da área e áreas afins, acompanhar impactos de intervenções, capacitar profissionais, providenciar aquisição de material técnico, observar pessoas e situações, pesquisar bibliografia, participar de reuniões científicas (congressos, seminários e simpósios), acompanhar a evolução da intervenção, participar de conselhos municipais, estaduais e federais, reabilitar aspectos corporais, analisar resultados de instrumentos de avaliação, entrevistar pessoas, estabelecer parâmetros de pesquisa, promover desenvolvimento da percepção interna (insight), organizar eventos, demonstrar capacidade de raciocínio abstrato, propiciar recursos para o desenvolvimento de aspectos cognitivos, formar especialistas da área, coordenar grupos de estudo, elaborar projetos, acompanhar o desenvolvimento de profissionais em formação e especialização, levantar dados pertinentes, interpretar conflitos e questões, sistematizar informações, apresentar estudos de caso, triar casos, visitar instituições e equipamentos sociais, aplicar instrumentos e métodos de avaliação, orientar mudança de comportamento, respeitar valores e crenças dos clientes.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Psicólogo da Saúde ficou em 4.40%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Psicólogo da Saúde e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Psicólogos e psicanalistas que ficou em 4.40% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Psicólogo da Saúde em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Psicólogo da Saúde ficou em 5.30% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 37,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Psicólogos e psicanalistas 2024

O salário de Psicólogo da Saúde mostrado aqui é resultado do levantamento de 14589 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Psicólogos e psicanalistas que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Psicólogo da Saúde com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Psicólogo da Saúde CBO 251510 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Psicólogo da Saúde em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Psicólogo da Saúde por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 34h 3.839,76 3.988,58 5.628,80 23,33 6.80%
Rio de Janeiro 32h 3.559,96 3.697,93 5.218,63 23,06 4.50%
Minas Gerais 32h 2.794,88 2.903,20 4.097,09 18,10 4.10%
Paraná 32h 2.998,34 3.114,54 4.395,34 19,28 5.20%
Pernambuco 32h 2.364,09 2.455,72 3.465,59 15,57 6.60%
Rio Grande do Sul 30h 3.459,96 3.594,06 5.072,05 24,10 6.70%
Bahia 33h 2.629,63 2.731,55 3.854,84 16,49 6.20%
Santa Catarina 34h 3.636,35 3.777,28 5.330,62 22,31 4.90%
Goiás 32h 2.682,73 2.786,71 3.932,69 17,51 5.90%
Ceará 33h 2.682,64 2.786,61 3.932,55 17,09 8.00%
Distrito Federal 33h 2.906,56 3.019,21 4.260,80 18,31 6.60%
Espírito Santo 34h 3.029,66 3.147,08 4.441,25 18,54 6.10%
Pará 37h 2.758,72 2.865,64 4.044,08 15,45 4.30%
Mato Grosso 39h 3.272,52 3.399,35 4.797,27 17,51 4.10%
Alagoas 30h 2.501,54 2.598,49 3.667,06 17,57 6.60%
Maranhão 33h 2.699,94 2.804,58 3.957,90 17,02 4.60%
Tocantins 35h 3.130,29 3.251,61 4.588,77 18,80 7.80%
Paraíba 36h 2.189,78 2.274,65 3.210,05 12,61 5.60%
Mato Grosso do Sul 39h 3.363,33 3.493,68 4.930,38 17,82 7.60%
Rondônia 39h 2.615,91 2.717,30 3.834,73 14,07 7.90%
Rio Grande do Norte 32h 2.537,79 2.636,15 3.720,21 16,72 5.80%
Amazonas 36h 3.052,33 3.170,63 4.474,48 17,53 6.30%
Piauí 31h 2.880,37 2.992,00 4.222,41 19,43 6.20%
Sergipe 29h 2.263,04 2.350,75 3.317,45 16,29 4.70%
Acre 35h 3.224,14 3.349,10 4.726,35 19,21 8.10%
Roraima 40h 5.529,02 5.743,31 8.105,13 28,79 4.90%
Amapá 34h 2.676,83 2.780,58 3.924,04 16,16 5.80%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Psicólogo da Saúde.

Dissídio de Psicólogo da Saúde por cidade

Quanto ganha um Psicólogo da Saúde nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Psicólogo da Saúde na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 37 4.786,68 4.972,20 7.016,92 26,66 6.10%
Rio de Janeiro, RJ 32 3.902,84 4.054,10 5.721,27 25,38 7.20%
Brasília, DF 33 2.906,56 3.019,21 4.260,80 18,31 5.10%
Salvador, BA 32 2.631,77 2.733,77 3.857,98 17,26 7.60%
Recife, PE 31 2.720,80 2.826,25 3.988,49 18,33 5.10%
Fortaleza, CE 32 2.682,60 2.786,57 3.932,49 17,61 8.10%
Garanhuns, PE 32 1.542,46 1.602,24 2.261,14 10,04 4.30%
Belo Horizonte, MG 33 3.141,90 3.263,67 4.605,79 19,60 5.20%
Goiânia, GO 31 2.751,78 2.858,43 4.033,90 18,70 8.30%
Curitiba, PR 33 3.159,53 3.281,98 4.631,63 19,92 4.60%
Belém, PA 36 2.506,20 2.603,33 3.673,90 14,28 7.20%
Campinas, SP 34 4.333,42 4.501,37 6.352,47 26,77 5.20%
Maceió, AL 29 2.569,81 2.669,41 3.767,15 18,17 4.80%
Londrina, PR 37 2.936,39 3.050,20 4.304,53 16,70 5.30%
São Luís, MA 32 2.545,20 2.643,85 3.731,08 16,39 5.00%
Porto Alegre, RS 31 4.067,71 4.225,36 5.962,95 27,62 7.40%
São José do Rio Preto, SP 31 2.925,59 3.038,97 4.288,69 19,37 5.10%
Barueri, SP 37 4.119,05 4.278,70 6.038,22 23,40 6.70%
Niterói, RJ 31 3.431,45 3.564,44 5.030,25 22,79 4.80%
São José dos Campos, SP 35 3.316,57 3.445,11 4.861,85 19,57 8.10%
Bauru, SP 32 3.194,42 3.318,23 4.682,78 20,49 7.80%
Palmas, TO 34 2.942,95 3.057,01 4.314,15 17,99 5.50%
Cuiabá, MT 38 3.411,31 3.543,53 5.000,73 18,59 5.40%
João Pessoa, PB 37 2.027,91 2.106,50 2.972,76 11,50 8.00%
Ribeirão Preto, SP 31 3.294,46 3.422,14 4.829,43 22,29 6.80%
Juiz de Fora, MG 33 2.461,55 2.556,95 3.608,45 15,71 7.00%
Presidente Prudente, SP 38 2.913,65 3.026,58 4.271,19 15,77 7.50%
Uberlândia, MG 31 2.667,38 2.770,76 3.910,18 17,97 5.40%
Santo André, SP 35 4.105,13 4.264,23 6.017,81 24,21 6.40%
Sorocaba, SP 28 3.156,66 3.279,00 4.627,43 23,67 5.70%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Psicólogo da Saúde. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Psicólogo da Saúde no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Atividades de psicologia e psicanálise 3.033,62 3.151,20 4.447,06 4.70%
Atividades de associações de defesa de direitos sociais 3.072,85 3.191,94 4.504,56 4.40%
Atividades de atendimento hospitalar, exceto pronto-socorro e unidades para atendimento a urgências 3.350,59 3.480,44 4.911,71 6.70%
Atividades de apoio à gestão de saúde 2.837,94 2.947,93 4.160,21 5.60%
Administração pública em geral 3.314,59 3.443,05 4.858,94 5.90%
Serviços de assistência social sem alojamento 3.336,06 3.465,36 4.890,41 5.00%
Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências 3.358,63 3.488,80 4.923,50 7.10%
Atividade médica ambulatorial restrita a consultas 3.309,60 3.437,87 4.851,62 4.60%
Atividades de assistência psicossocial e à saúde a portadores de distúrbios psíquicos, deficiência mental e dependência química não especificadas ante 2.704,75 2.809,57 3.964,95 7.10%
Atividades de fisioterapia 3.376,23 3.507,08 4.949,30 7.00%
Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares 3.498,52 3.634,11 5.128,57 5.20%
Outras atividades de atenção à saúde humana não especificadas anteriormente 4.319,13 4.486,53 6.331,52 4.40%
Planos de saúde 3.576,82 3.715,45 5.243,35 7.60%
Atividades de fonoaudiologia 2.816,42 2.925,57 4.128,66 4.90%
Atividades de atenção ambulatorial não especificadas anteriormente 5.545,88 5.760,83 8.129,85 4.70%
Atividades de terapia ocupacional 3.308,79 3.437,02 4.850,43 6.40%
Atividades de assistência social prestadas em residências coletivas e particulares não especificadas anteriormente 3.040,61 3.158,45 4.457,30 6.10%
Atividades associativas não especificadas anteriormente 3.403,01 3.534,90 4.988,55 5.90%
Instituições de longa permanência para idosos 2.800,21 2.908,74 4.104,90 5.00%
Serviços de diálise e nefrologia 2.958,43 3.073,09 4.336,83 4.30%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.