O dissídio de Margeador Gráfico de Corte e Vinco 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 766325 no cargo de Margeador Gráfico de Corte e Vinco.

Estado com maior salário médio

São Paulo

R$ 2.713,21

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

213 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

São Paulo - SP

R$ 2.754,50

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

63 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Preparador de matrizes de corte e vinco prepara matrizes de corte e vinco para utilização no processo de acabamento gráfico Planeja as atividades, de acordo com desenhos, especificações e ordem de serviço ou de produção.

Aplica técnicas, métodos e procedimentos na preparação de matrizes de alto ou baixo relevos, para acabamento em diversos tipos de suportes Utiliza máquinas, equipamentos, ferramentas, instrumentos, matéria-prima e produtos auxiliares Cumpre normas e procedimentos técnicos, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

O que faz um Margeador Gráfico de Corte e Vinco

O Preparador de matrizes de corte e vinco planeja as atividades, analisando o desenho do produto, com base na ordem de serviço ou de produção e no tipo de original, para definir a organização e a sequência das facas que comporão a matriz Providencia o material necessário - incluindo a seleção e a fixação de facas padrões e a produção de facas de perfis diferenciados, sob encomenda -, para execução dos trabalhos.

Prepara matrizes de corte e vinco, utilizando máquinas, ferramentas e instrumentos apropriados, definindo o tipo físico de matriz – chapa, cilindro, forma, borracha, rama ou cliclê -, cortando lâminas ou selecionando facas padrões pré-existentes, para montar a matriz, de acordo com o gabarito de corte.

Monta a matriz de corte e vinco sobre base de madeira, metal, borracha, polímero ou silicone Define seus elementos principais - marcas de impressão, marcas de dobra, marcas de registro e barra de controle (tira de cor) -, com vistas à qualidade da impressão, no que se refere à posição do corte e da dobra, à quantidade, densidade e posição da tinta, à intensidade da umidade, ao alinhamento das chapas, entre outros.

Define as margens de impressão, tendo em vista o aproveitamento de material Tira prova para comparar o material cortado e vincado com o original da ordem de serviço.

Pode operar sistemas digitais para desenhos com perfis complexos e posterior execução em máquinas de corte a laser de acabamento gráfico.

Registra ocorrências para controle do processo de acabamento - tais como troca de material, tiragem, tempo e desempenho - e controla fluxo de entrada e saída dos produtos Controla a qualidade técnica dos produtos - matrizes de corte e vinco montadas -, avaliando visualmente o resultado das provas de faca, verificando especificações e parâmetros operacionais das matrizes, suas medidas, dureza e profundidade dos relevos, e corrigindo falhas de acabamento.

Corrige falhas do processo de preparação e montagem.

Realiza a manutenção produtiva das máquinas e dos equipamentos, por meio de limpeza, lubrificação e detecção de problemas de funcionamento, substituição de acessórios, e monitoramento das solicitações de reparos e suas execuções Consulta manuais das máquinas e dos equipamentos, tanto para a correta operação dos recursos, como para orientação das iniciativas de manutenção preventiva Organiza o local de trabalho, realizando limpeza e conservação dos recursos materiais empregados no processo de preparação de matrizes gráficas de corte e vinco.

Mantém os materiais, instrumentos e acessórios de trabalho organizados, acondicionados e em plenas condições de uso e funcionamento Controla desperdícios de material, separando, identificando e classificando resíduos – sólidos e líquidos - e providenciando sua segregação e destinação Realiza as atividades de acordo com normas e procedimentos de saúde e segurança no trabalho, utilizando equipamentos de proteção individual e coletiva.

.

Funções do Preparador de matrizes de corte e vinco

O profissional Margeador Gráfico de Corte e Vinco deve realizar manutenção de máquinas e equipamentos, planejar o serviço de acabamento gráfico e editorial, controlar qualidade dos produtos, trabalhar com segurança, preparar matrizes de corte e vinco, demonstrar competências pessoais, operar máquinas e equipamentos de acabamento gráfico e editorial, ajustar máquinas e ou equipamentos de acabamento gráfico e editorial.

Condições de trabalho da profissão

Trabalhadores do acabamento gráfico atuam em indústrias gráficas ou em setores de embalagens e gráficas de empresas industriais, comerciais ou de serviços, inclusive ensino. Organizam-se em equipe, sob supervisão permanente. Trabalham em ambiente fechado, geralmente durante o dia, expostos a materiais tóxicos, ruído intenso e altas temperaturas.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Preparador de matrizes de corte e vinco

Um Preparador de matrizes de corte e vinco deve definir etapas de acabamento, vincar material, cortar laminas para montar matriz, providenciar material para execução da etapa de acabamento, emborrachar matriz, realizar prova (teste) do produto, projetar-se utilizando o equipamento de proteção individual, montar matriz de corte, cortar material, analisar o produto com base na ordem de serviço e tipo do original, verificar medidas e legendas do produto, demonstrar senso de organização e zelo, sinalizar a área com indicativos de periculosidade e ou equipamento, lubrificar as máquinas e equipamentos, coletar amostras para análise de qualidade, exigir os dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, substituir acessórios (correias, facas, etc), corrigir falhas de acabamento, demonstrar sociabilidade, analisar visualmente o produto, definir máquinas e equipamentos de acabamento gráfico e editorial, limpar máquinas e equipamentos, demonstrar acuidade métrica, registrar ocorrências (troca de material, tiragem, desempenho, etc.) do processo de produção, informar a supervisão dos defeitos dos dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, detectar problemas de funcionamento, controlar fluxo de entrada e saída dos produtos, demonstrar criatividade, tirar prova de faca para comparar com original, respeitar área de segurança, alimentar a máquina e equipamentos, demonstrar habilidade motora, monitorar o reparo das máquinas e equipamentos, demonstrar acuidade visual, selecionar aparas e sobras para reciclagem, demonstrar meticulosidade, testar os dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, destacar material, serrilhar material, consultar manuais de máquinas e equipamentos, demonstrar dinamismo, manter os dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Margeador Gráfico de Corte e Vinco ficou em 4.40%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Margeador Gráfico de Corte e Vinco e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Trabalhadores do acabamento gráfico que ficou em 4.40% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Margeador Gráfico de Corte e Vinco em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Margeador Gráfico de Corte e Vinco ficou em 3.30% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 25,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Trabalhadores do acabamento gráfico 2024

O salário de Margeador Gráfico de Corte e Vinco mostrado aqui é resultado do levantamento de 629 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Trabalhadores do acabamento gráfico que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Margeador Gráfico de Corte e Vinco com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Margeador Gráfico de Corte e Vinco CBO 766325 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Margeador Gráfico de Corte e Vinco em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Margeador Gráfico de Corte e Vinco por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 44h 2.611,98 2.713,21 3.828,96 12,40 6.50%
Rio Grande do Sul 44h 1.916,93 1.991,23 2.810,08 9,06 4.10%
Santa Catarina 44h 1.988,26 2.065,32 2.914,64 9,41 4.50%
Paraná 44h 1.877,75 1.950,52 2.752,63 8,88 4.60%
Minas Gerais 44h 1.962,41 2.038,47 2.876,75 9,37 6.40%
Distrito Federal 44h 1.544,36 1.604,22 2.263,92 7,29 5.00%
Amazonas 43h 1.665,16 1.729,70 2.441,00 7,96 5.70%
Rio de Janeiro 43h 2.051,35 2.130,86 3.007,13 10,01 4.70%
Goiás 44h 1.832,78 1.903,82 2.686,73 8,65 6.50%
Ceará 44h 1.818,68 1.889,16 2.666,04 8,59 7.80%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Margeador Gráfico de Corte e Vinco.

Dissídio de Margeador Gráfico de Corte e Vinco por cidade

Quanto ganha um Margeador Gráfico de Corte e Vinco nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Margeador Gráfico de Corte e Vinco na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 44 2.651,73 2.754,50 3.887,23 12,52 6.70%
Cascavel, PR 44 1.681,12 1.746,27 2.464,39 7,94 4.40%
Brasília, DF 44 1.544,36 1.604,22 2.263,92 7,29 7.80%
Bento Goncalves, RS 44 1.735,19 1.802,44 2.543,66 8,19 8.30%
Curitiba, PR 44 1.967,74 2.044,00 2.884,55 9,33 4.90%
Manaus, AM 43 1.665,16 1.729,70 2.441,00 7,96 8.00%
Matozinhos, MG 44 1.729,90 1.796,95 2.535,91 8,17 4.70%
Orleans, SC 44 1.476,46 1.533,68 2.164,38 6,97 8.30%
Caçador, SC 44 2.224,83 2.311,06 3.261,44 10,50 4.60%
Osasco, SP 44 2.506,36 2.603,50 3.674,14 11,97 7.40%
Barueri, SP 41 4.375,49 4.545,07 6.414,15 21,94 7.60%
Rio de Janeiro, RJ 42 2.275,36 2.363,55 3.335,51 11,17 7.70%
Jandira, SP 44 1.444,03 1.500,00 2.116,85 6,82 7.10%
Blumenau, SC 44 2.589,20 2.689,55 3.795,57 12,23 7.70%
Belo Horizonte, MG 44 2.393,94 2.486,72 3.509,34 11,33 5.90%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Margeador Gráfico de Corte e Vinco. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Margeador Gráfico de Corte e Vinco no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Impressão de material para outros usos 1.909,58 1.983,59 2.799,31 8.20%
Impressão de livros, revistas e outras publicações periódicas 1.812,41 1.882,65 2.656,86 5.40%
Fabricação de produtos de papel, cartolina, papel-cartão e papelão ondulado para uso comercial e de escritório, exceto formulário contínuo 2.082,22 2.162,92 3.052,38 5.80%
Serviços de acabamentos gráficos, exceto encadernação e plastificação 2.451,12 2.546,12 3.593,16 7.40%
Impressão de material para uso publicitário 1.738,44 1.805,82 2.548,43 5.50%
Serviços de usinagem, tornearia e solda 1.903,96 1.977,75 2.791,06 6.30%
Fabricação de embalagens de cartolina e papel-cartão 3.927,09 4.079,29 5.756,82 4.50%
Edição integrada à impressão de cadastros, listas e outros produtos gráficos 2.205,73 2.291,22 3.233,43 5.50%
Fabricação de embalagens de papel 2.098,05 2.179,36 3.075,58 7.60%
Locação de mão-de-obra temporária 1.607,25 1.669,54 2.356,10 4.20%
Montagem de estruturas metálicas 1.588,26 1.649,81 2.328,26 4.20%
Serviços de pré-impressão 2.672,64 2.776,22 3.917,89 6.60%
Fabricação de outros produtos de metal 2.852,90 2.963,48 4.182,14 7.20%
Fabricação de chapas e de embalagens de papelão ondulado 2.127,53 2.209,99 3.118,80 7.40%
Fabricação de móveis com predominância de madeira 1.997,73 2.075,15 2.928,52 5.40%
Fabricação de ferramentas 2.520,69 2.618,38 3.695,14 6.30%
Fabricação de esquadrias de metal 1.444,03 1.500,00 2.116,85 7.40%
Comércio a varejo de pneumáticos e câmaras-de-ar 1.618,71 1.681,44 2.372,90 4.70%
Comércio atacadista de embalagens 1.914,31 1.988,50 2.806,23 5.00%
Impressão de jornais 1.484,60 1.542,14 2.176,32 4.70%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.