O dissídio de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 632330 no cargo de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia.

Categorias profissionais do Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia CBO 632330

— Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
—— Pescadores e extrativistas florestais.
——— Extrativistas florestais.
———— Extrativistas florestais de espécies produtoras de fibras, ceras e óleos.

Atividades exercidas por um Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia no cargo

manejar extração e beneficiamento de fibras, ceras e Óleos, extrair fibras, ceras e Óleos, demonstrar competências pessoais, colher frutos de palmeiras e Árvores, armazenar matéria-prima e produtos, beneficiar fibras, ceras e Óleos, plantar Árvores de pequi e espécies produtoras de fibras, comercializar matéria-prima e produtos.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia ficou em 7.20%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Extrativistas florestais de espécies produtoras de fibras, ceras e óleos que ficou em 7.20% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia ficou em 6.50% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 15,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Extrativistas florestais de espécies produtoras de fibras, ceras e óleos 2024

O salário de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia mostrado aqui é resultado do levantamento de 11 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Extrativistas florestais de espécies produtoras de fibras, ceras e óleos que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia CBO 632330 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia em todos os estados

Acre

Não encontramos dados salariais para o estado do Acre.

Rio Branco - AC

Não encontramos dados salariais para a cidade de Rio Branco.

Alagoas

Não encontramos dados salariais para o estado de Alagoas.

Maceió - AL

Não encontramos dados salariais para a cidade de Maceió.

Amazonas

Não encontramos dados salariais para o estado do Amazonas.

Manaus - AM

Não encontramos dados salariais para a cidade de Manaus.

Amapá

Não encontramos dados salariais para o estado do Amapá.

Macapá - AP

Não encontramos dados salariais para a ciddade de Macapá.

Bahia

O salário de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia na Bahia de 2024 foi calculado por uma amostragem de 3 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado da Bahia é R$ 1.368,67 com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.
  • Piso salarial 2024: R$ 1.342,74.
  • Salvador - BA

  • O salário médio na cidade de Salvador é R$ 1320,00.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.

Vale refeição 2024

Valor médio de vale refeição e reajuste 2024 para Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia na Bahia:

  • Reajuste: 5.40%;
  • Valor por dia: R$ 16,00

Ceará

Não encontramos dados salariais para o estado do Ceará.

Fortaleza - CE

Não encontramos dados salariais para a cidade de Fortaleza.

Distrito Federal

Não encontramos dados salariais para o Distrito Federal.

Brasília - DF

Não encontramos dados salariais para a cidade de Brasília.

Espírito Santo

O salário de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia no Espírito Santo de 2024 foi calculado por uma amostragem de 4 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia em todo o estado.

  • A média do salário em todo o Espírito Santo é R$ 0,00 com uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.
  • Vitória - ES

  • O salário médio na capital Vitória é R$ 1320,00.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.

Vale refeição 2024

Valor médio de vale refeição e reajuste 2024 para Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia no Espírito Santo:

  • Reajuste: 9.60%;
  • Valor por dia: R$ 17,00

Goiás

Não encontramos dados salariais para Goiás.

Goiânia - GO

Não encontramos dados salariais para Goiânia.

Maranhão

O salário de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia no Maranhão de 2024 foi calculado por uma amostragem de 3 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Maranhão é R$ 1.320,00 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.
  • São Luís - MA

  • O salário médio na capital São Luís é R$ 1320,00.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.

Vale refeição 2024

Valor médio de vale refeição e reajuste 2024 para Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia no Maranhão:

  • Reajuste: 7.20%;
  • Valor por dia: R$ 17,00

Minas Gerais

Não encontramos dados salariais para Minas Gerais.

Belo Horizonte - MG

Não encontramos dados salariais para Belo Horizonte.

Mato Grosso do Sul

Não encontramos dados salariais para o Mato Grosso do Sul.

Campo Grande - MS

Não encontramos dados salariais para a capital Campo Grande.

Mato Grosso

Não encontramos dados salariais para o Mato Grosso.

Campo Grande - MS

Não encontramos dados salariais para a capital Cuiabá.

Pará

Não encontramos dados salariais para o Pará.

Belém - PA

Não encontramos dados salariais para a capital Belém.

Paraíba

O salário de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia na Paraíba de 2024 foi calculado por uma amostragem de 1 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado da Paraíba é R$ 1.212,00 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.
  • João Pessoa - PB

  • O salário médio na capital João Pessoa é R$ 1320,00.
  • Piso salarial 2024: R$ 1320,00.

Vale refeição 2024

Valor médio de vale refeição e reajuste 2024 para Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia na Paraíba:

  • Reajuste: 7.90%;
  • Valor por dia: R$ 15,00

Pernambuco

Não encontramos dados salariais para o Pernambuco.

Recife - PE

Não encontramos dados salariais para a capital Recife.

Piauí

Não encontramos dados salariais para o Piauí.

Teresina - PI

Não encontramos dados salariais para a capital Teresina.

Paraná

Não encontramos dados salariais para o Paraná.

Curitiba - PR

Não encontramos dados salariais para Curitiba.

Rio de Janeiro

Não encontramos dados salariais para o estado do Rio de Janeiro.

Rio de Janeiro - RJ

Não encontramos dados salariais para a cidade do Rio de Janeiro.

Rio Grande do Norte

Não encontramos dados salariais para o estado do Rio Grande do Norte.

Natal - RN

Não encontramos dados salariais para a cidade de Natal.

Rondônia

Não encontramos dados salariais para o estado de Rondônia.

Porto Velho - RO

Não encontramos dados salariais para a cidade de Porto Velho.

Roraima

Não encontramos dados salariais para o estado de Roraima.

Boa Vista - RR

Não encontramos dados salariais para a cidade de Boa Vista.

Rio Grande do Sul

Não encontramos dados salariais para o estado do Rio Grande do Sul.

Porto Alegre - RS

Não encontramos dados salariais para a cidade de Porto Alegre.

Santa Catarina

Não encontramos dados salariais para o estado de Santa Catarina.

Florianópolis - SC

Não encontramos dados salariais para a cidade de Florianópolis.

Sergipe

Não encontramos dados salariais para o estado do Sergipe.

Aracajú - SE

Não encontramos dados salariais para a cidade de Aracajú.

São Paulo

Não encontramos dados salariais para o estado de São Paulo.

São Paulo - SP

Não encontramos dados salariais para a cidade de São Paulo.

Tocantins

Não encontramos dados salariais para o estado de Tocantins.

Palmas - TO

Não encontramos dados salariais para a cidade de Palmas.

Top 10 segmentos de empresas que mais contratam Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia

Setores de empresas que mais contratam Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia no momento. Muitas dessas empresas não contratam só Trabalhador da Exploração de Coco-da-praia como também outros profissionais Extrativistas florestais de espécies produtoras de fibras, ceras e óleos.

  1. Cultivo de Coco-Da-Baía
  2. Comércio Varejista de Mercadorias em Geral, com Predominância de Produtos Alimentícios - Supermercados
  3. Preparação e Fiação de Fibras Têxteis Naturais, Exceto Algodão
  4. Comércio Varejista de Bebidas
  5. Cultivo de Cacau