O dissídio de Tecnólogo em Mecatrônica 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 202115 no cargo de Tecnólogo em Mecatrônica.

Estado com maior salário médio

Alagoas

R$ 7.000,00

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

73 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

13 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Tecnólogo em mecatrônica projeta sistemas mecatrônicos industriais, pesquisando e avaliando tecnologias disponíveis, definindo arquitetura do sistema e estabelecendo suas tecnologias de controle, especificando “softwares” e equipamentos, desenvolvendo protótipos do projeto, projetando componentes mecânicos, e desenvolvendo “firmware” Desenvolve e implementa sistemas mecatrônicos industriais, especificando, instalando e interligando equipamentos.

Realiza testes, aperfeiçoamento e manutenção em sistemas mecatrônicos industriais Executa vistorias, realiza perícias, faz avaliações e emite laudos e pareceres técnicos Presta assessoria para comercialização de sistemas mecatrônicos industriais.

Coordena e supervisiona equipes de trabalho Elabora documentação técnica Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

O que faz um Tecnólogo em Mecatrônica

O Tecnólogo em mecatrônica projeta sistemas mecatrônicos industriais, tais como sistemas flexíveis de manufatura que incluem máquinas com comando numérico computadorizado (CNC) e robôs industriais, e sistemas integrados de manufatura com uso de computadores, “softwares”, sensores, interfaces, controladores, redes industriais e outros artefatos tecnológicos específicos da automação da manufatura, da robótica industrial ou dos processos de digitalização das fábricas Utiliza computadores e “softwares” - especialmente CAD-Desenho Assistido por Computador (Computer Aided Design), CAM–Manufatura Auxiliada por Computador (Computer Aided Manufacturing) e CAE–Engenharia Auxiliada por Computador (Computer Aided Engineering), sistemas analíticos, e ambientes de desenvolvimento diversos.

Coleta dados e requisitos do projeto.

Pesquisa e avalia tecnologias disponíveis Define arquitetura do sistema e estabelece suas tecnologias de controle.

Faz especificação de “softwares” e equipamentos Analisa viabilidade técnica e financeira do projeto.

Analisa e define interfaces do sistema, incluindo IHM-Interface Homem-Máquina e interface entre usuário e equipamentos do sistema.

Dimensiona equipamentos e componentes Desenvolve protótipos do projeto e projeta componentes mecânicos.

Desenvolve “firmware”.

Aprova ou obtém a aprovação de projetos e sistemas Desenvolve e implementa sistemas mecatrônicos industriais, especificando, instalando e interligando equipamentos Verifica funcionamento de componentes, de equipamentos e do sistema.

Configura equipamentos automatizados e programa CLP-Controlador Lógico Programável Avalia resultados dos sistemas implementados, utilizando indicadores de processo Aperfeiçoa sistemas e equipamentos mecatrônicos industriais, avaliando desempenho de equipamentos, considerando novos métodos de manufatura e economia de energia, e alterando componentes, “softwares”, configurações e parâmetros do sistema e de equipamentos.

Revisa padrões existentes, tendo em vista a introdução de elementos de manufatura inteligente e automação de sistemas Altera características técnicas de equipamentos e sistemas.

Pode planejar e executar atualização (“retrofitting”) de máquinas com comando numérico computadorizado (CNC) Testa sistemas mecatrônicos industriais, planejando etapas de testes, selecionando e utilizando equipamentos de teste, medindo variáveis, e avaliando resultados Pode supervisionar a execução de testes.

Efetua vistorias, realiza perícias, faz avaliações e emite laudos e pareceres técnicos - em função de testes ou de outros critérios -, referentes a sistemas mecatrônicos industriais ou a outros temas relacionados à sua área de atuação Realiza manutenção em sistemas mecatrônicos industriais, monitorando sistemas e equipamentos – de automação e outros – que deles façam parte, identificando necessidades de manutenção, diagnosticando e corrigindo falhas de funcionamento Aciona equipe de manutenção específica, quando necessário.

Assessora na comercialização de sistemas mecatrônicos industriais, consultando, selecionando e habilitando fornecedores, e elaborando especificações para subsidiar na requisição de compra de equipamentos, “softwares”, artefatos tecnológicos diversos e serviços especializados Pode prestar consultoria técnica Elabora diagramas, esquemas e outros tipos de desenho técnico de componentes, equipamentos e sistemas mecatrônicos industriais.

Prepara memoriais descritivos e operacionais, relatórios técnicos e orçamentos, entre outros documentos técnicos Coordena equipes de trabalho, como as equipes de desenvolvimento de projetos e as que realizam serviços terceirizados Supervisiona equipes de trabalho, avaliando o seu desempenho Ministra treinamentos Cumpre preceitos de segurança, saúde e preservação ambiental, aplicando legislação e normas técnicas específicas.

.

Funções do Tecnólogo em mecatrônica

O profissional Tecnólogo em Mecatrônica deve coordenar atividades de trabalho, realizar manutenção em sistemas e equipamentos automatizados, aperfeiçoar sistemas e equipamentos automatizados, demonstrar competências pessoais, elaborar documentação técnica, testar sistemas e equipamentos automatizados, elaborar projetos de sistemas e equipamentos automatizados, implementar sistemas e equipamentos automatizados, assessorar comercialização de sistemas e equipamentos automatizados.

Condições de trabalho da profissão

Engenheiros de controle e automação, engenheiros mecatrônicos trabalham no setor industrial, em especial indústrias de transformação, tais como automotiva, aeronáutica e siderúrgica e na fabricação de máquinas e equipamentos. Geralmente são as empresas de médio e grande porte que absorvem esse tipo de mão-de-obra especializada. São empregados assalariados e trabalham sem supervisão. Trabalham em equipes intra e multidisciplinares, em ambiente fechado, predominantemente em horários diurno.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Tecnólogo em mecatrônica

Um Tecnólogo em mecatrônica deve elaborar programas para controladores industriais, identificar necessidades de manutenção, alterar componentes do sistema e equipamento, analisar funcionalidade dos sistemas, especificar software, demonstrar visão espacial, consultar fornecedores, acionar equipe de manutenção específica, demonstrar capacidade de síntese, requisitar serviços especializados, dimensionar equipamentos e componentes, consultar documentação técnica, demonstrar criatividade, analisar resultados de testes, avaliar desempenho de equipamento, realizar simulações, demonstrar visão sistêmica, demonstrar raciocínio analítico, definir parâmetros de teste, elaborar orçamento, orientar instalação de sistemas e equipamentos automatizados, analisar interface entre usuário e equipamento, coordenar desenvolvimento do projeto, demonstrar raciocínio lógico, corrigir falhas de funcionamento, projetar componentes mecânicos, identificar falhas de funcionamento, demonstrar capacidade de organização, selecionar equipamentos para teste, alterar características dos equipamentos, instalar equipamentos automatizados, medir variáveis, analisar interface entre trabalhador e máquina, demonstrar dinamismo, analisar viabilidade técnica, pesquisar tecnologias disponíveis, montar plataforma de teste, avaliar desempenho de equipe de trabalho, configurar equipamentos automatizados, elaborar cronograma de trabalho, especificar equipamentos, supervisionar execução do teste, elaborar relatórios técnicos, avaliar resultados de implementação, elaborar memoriais descritivos operacionais, elaborar programas para microcontroladores e microprocessadores (firmware), desenhar equipamentos, componentes, diagramas e esquemas, criar protótipos, definir sistema de controle, demonstrar atenção difusa, definir arquitetura do sistema, estabelecer etapas de teste, coordenar serviços de terceiros, verificar funcionamento do sistema, selecionar fornecedores, alterar programação de sistemas e equipamentos, prestar consultoria técnica, trabalhar em equipe, monitorar sistemas e equipamentos automatizados, coletar dados e requisitos do projeto, elaborar especificação para compra de equipamentos, analisar viabilidade financeira, avaliar tecnologias disponíveis, elaborar especificação de contratação de mão de obra, verificar funcionamento de componentes do sistema, requisitar compra de equipamentos, software e tecnologia, alterar software do sistema e equipamento, coordenar equipe de trabalho, demonstrar raciocínio abstrato, estabelecer resultados esperados, analisar interfaces dos sistemas, ministrar treinamentos.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Tecnólogo em Mecatrônica ficou em 6.70%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Tecnólogo em Mecatrônica e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Engenheiros de controle e automação, engenheiros mecatrônicos que ficou em 6.70% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Tecnólogo em Mecatrônica em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Tecnólogo em Mecatrônica ficou em 5.70% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 38,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Engenheiros de controle e automação, engenheiros mecatrônicos 2024

O salário de Tecnólogo em Mecatrônica mostrado aqui é resultado do levantamento de 99 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Engenheiros de controle e automação, engenheiros mecatrônicos que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Tecnólogo em Mecatrônica com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Tecnólogo em Mecatrônica CBO 202115 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Tecnólogo em Mecatrônica em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Tecnólogo em Mecatrônica por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 43h 3.790,17 3.937,07 5.556,11 18,39 8.00%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Tecnólogo em Mecatrônica.

Dissídio de Tecnólogo em Mecatrônica por cidade

Quanto ganha um Tecnólogo em Mecatrônica nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Tecnólogo em Mecatrônica na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 44 3.084,16 3.203,69 4.521,15 14,66 4.50%
São Bernardo do Campo, SP 41 4.667,29 4.848,18 6.841,90 23,81 6.10%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Tecnólogo em Mecatrônica. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Tecnólogo em Mecatrônica no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Fabricação de sabões e detergentes sintéticos 4.108,95 4.268,20 6.023,42 4.70%
Fabricação de aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle 2.525,55 2.623,43 3.702,26 6.70%
Instalação e manutenção elétrica 3.693,38 3.836,53 5.414,22 4.10%
Locação de mão-de-obra temporária 3.800,43 3.947,72 5.571,14 8.30%
Comércio atacadista de máquinas e equipamentos para uso industrial 3.703,95 3.847,50 5.429,71 5.80%
Aluguel de outras máquinas e equipamentos comerciais e industriais , sem operador 3.211,53 3.336,00 4.707,86 4.70%
Fabricação de papel 1.444,03 1.500,00 2.116,85 8.30%
Serviços de engenharia 4.033,67 4.190,00 5.913,05 4.30%
Manutenção e reparação de aparelhos e instrumentos de medida, teste e controle 4.263,11 4.428,33 6.249,40 7.70%
Fabricação de outras peças e acessórios para veículos automotores não especificadas anteriormente 4.975,90 5.168,75 7.294,29 6.00%
Fabricação de peças e acessórios para veículos ferroviários 2.494,65 2.591,33 3.656,97 4.30%
Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática 4.071,69 4.229,50 5.968,80 4.20%
Atividades de apoio à educação, exceto caixas escolares 5.701,53 5.922,50 8.358,01 7.80%
Montagem e desmontagem de andaimes e outras estruturas temporárias 5.968,67 6.200,00 8.749,63 4.60%
Instalação de máquinas e equipamentos industriais 2.478,92 2.575,00 3.633,92 6.20%
Fabricação de ferramentas 3.109,49 3.230,00 4.558,27 7.10%
Fabricação de máquinas e equipamentos para a agricultura e pecuária, peças e acessórios, exceto para irrigação 3.706,35 3.850,00 5.433,24 4.10%
Serviços combinados para apoio a edifícios, exceto condomínios prediais 3.718,98 3.863,12 5.451,75 4.10%
Serviços de manutenção e reparação mecânica de veículos automotores 1.996,62 2.074,00 2.926,89 5.70%
Fabricação de outros produtos de metal 2.655,10 2.758,00 3.892,17 5.00%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.