O dissídio de Operador de Laminador de Tubos 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 821325 no cargo de Operador de Laminador de Tubos.

Estado com maior salário médio

Rio Grande do Sul

R$ 3.514,43

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

28 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade que mais contrata

Itaúna - MG

16 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Operador de laminador de tubos prepara e executa o processo de laminação de tubos, ajustando e controlando parâmetros operacionais, de acordo com os planos de produção, para fabricar tubos laminados Opera o laminador e os equipamentos auxiliares.

Realiza a manutenção básica dos equipamentos Pode operar laminador, equipamentos e sistemas auxiliares integrados em um setor de laminação automatizado por meio de tecnologias digitais Cumpre normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de proteção ao meio ambiente.

O que faz um Operador de Laminador de Tubos

O Operador de laminador de tubos prepara o processo de laminação, verificando a programação Substitui componentes de máquinas e equipamentos.

Regula equipamentos conforme padrões, testando-os.

Ajusta parâmetros operacionais, levando em conta o processo específico de laminação, os tipos e as tecnologias de equipamentos utilizados e definindo pontos de distância entre cilindros e guias, de acordo com as especificações Faz a escolha e montagem dos cilindros do laminador, observando as especificações, para obter o diâmetro externo do tubo.

Seleciona o punção e o aparafusa no mandril, utilizando ferramentas adequadas, para preparar a furação do cilindro metálico de matéria-prima, de acordo com o diâmetro interno do tubo Registra dados para produção.

Executa a laminação de tubos a quente, monitorando o transporte do lingote cilíndrico – tarugo – aquecido ao laminador, para introduzir o tarugo nos cilindros de laminação.

Controla o ritmo de produção Ativa comandos para dar início à rolagem dos mecanismos que alimentam automaticamente os tarugos metálicos no laminador.

Faz girar, no interior do tarugo, o punção fixado no mandril, atuando sobre o mecanismo de comando dos movimentos da máquina, para obter um orifício interno no diâmetro desejado.

Controla a velocidade dos cilindros de laminação, observando o funcionamento do sistema de regulagem e resfriamento dos cilindros e as lubrificações dos mancais, para garantir a conformidade do processo Faz passar o tarugo através dos conjuntos de cilindros e pelo punção fixado ao mandril, acionando a máquina e repetindo a operação tantas vezes quantas forem necessárias, para obter as dimensões internas e externas do tubo, de acordo com as especificações Confere e regula a temperatura da matéria-prima, observando indicações em painéis ou sistemas de controle, para atender aos padrões de qualidade requeridos.

Opera sistema de refrigeração de cilindros Opera equipamentos auxiliares do processo – tais como máquinas desempenadoras e laminadores calibradores, para conferir regularidade às superfícies e obter os diâmetros especificados para os tubos Examina o tubo laminado, verificando se apresenta defeitos e medindo suas dimensões, para certificar-se do atendimento às especificações.

Inspeciona a qualidade superficial do produto, tendo em vista identificar defeitos de laminação, para permitir os retrabalhos necessários Realiza o controle dimensional do produto, utilizando instrumentos de medição, tendo em vista o atendimento de exigências do processo.

Monitora os ciclos de máquina e a operação do laminador para detectar obstruções e garantir que os produtos estejam em conformidade com as especificações Ajusta e corrige as configurações do laminador para reduzir diâmetros ou espessuras, remodelar produtos e eliminar defeitos do produto Examina, inspeciona e mede os produtos acabados para verificar a conformidade com as especificações.

Pode operar laminador, equipamentos e sistemas auxiliares integrados em um setor de laminação automatizado por meio de tecnologias digitais, atuando nas interfaces, tendo em vista a flexibilização do processo de laminação com controle mais acurado e customização da produção Realiza a manutenção básica do laminador e equipamentos auxiliares, lubrificando engrenagens e outros mecanismos, executando manutenção preventiva regular e fazendo pequenos reparos Solicita serviço de manutenção corretiva, quando necessário.

Cumpre normas de segurança pessoal e ambiental, organizando o local de trabalho e zelando pelos equipamentos e pelas máquinas Seleciona lixo e resíduo industrial para coleta seletiva Participa da elaboração de análise de riscos, relata incidentes e acidentes e respeita sinalização de segurança.

.

Funções do Operador de laminador de tubos

O profissional Operador de Laminador de Tubos deve laminar a frio, demonstrar competências pessoais, preparar para processos de laminação, recuperar guias, laminar a quente, cumprir normas de segurança pessoal e ambiental.

Condições de trabalho da profissão

Operadores de equipamentos de laminação essas ocupações são exercidas por trabalhadores com carteira assinada, empregados em empresas de metalurgia básica. O trabalho é exercido em equipe, sob supervisão permanente, com rodízio de turnos que ocorrem em períodos diurnos e noturnos. O exercício do trabalho se dá de maneira presencial e em ambientes fechados. Os profissionais podem estar sujeitos a atuarem em ambientes com ruído intenso, altas temperaturas e materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Operador de laminador de tubos

Um Operador de laminador de tubos deve tomar decisões, tomar iniciativa, consignar local e equipamentos para manutenção e operação, operar equipamentos de corte, controlar velocidade dos cilindros de laminação, selecionar lixo e resíduo industrial para coleta seletiva, conferir a temperatura da matéria-prima, aproveitar oportunidades de treinamentos oferecidos pela empresa, operar fornos de reaquecimento, controlar o ritmo de produção, comunicar-se, demonstrar habilidades numéricas, operar leito de resfriamento, inspecionar qualidade superficial e dimensional do produto, trabalhar em equipe, verificar programação de laminação, relatar incidentes e acidentes, regular equipamentos conforme padrões, demonstrar habilidades manuais e coordenadas, registrar dados para produção, operar sistema de refrigeração de cilindros, testar equipamentos, participar da elaboração de análise de riscos, substituir componentes de máquinas e equipamentos, extrair guias dos equipamentos, demonstrar assiduidade e pontualidade, verificar defeitos nas guias e sistemas de refrigeração, organizar o local de trabalho, respeitar sinalização de segurança., perfurar matéria-prima para laminação de tubos, zelar pelos equipamentos e máquinas.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Operador de Laminador de Tubos ficou em 5.50%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Operador de Laminador de Tubos e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Operadores de equipamentos de laminação que ficou em 5.50% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Operador de Laminador de Tubos em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Operador de Laminador de Tubos ficou em 6.60% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 20,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Operadores de equipamentos de laminação 2024

O salário de Operador de Laminador de Tubos mostrado aqui é resultado do levantamento de 87 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Operadores de equipamentos de laminação que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Operador de Laminador de Tubos com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Operador de Laminador de Tubos CBO 821325 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Operador de Laminador de Tubos em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Operador de Laminador de Tubos por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 44h 2.281,24 2.369,65 3.344,12 10,77 5.40%
Minas Gerais 43h 1.880,72 1.953,61 2.757,00 9,03 7.20%
Rio de Janeiro 40h 2.762,32 2.869,38 4.049,35 14,26 7.50%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Operador de Laminador de Tubos.

Dissídio de Operador de Laminador de Tubos por cidade

Quanto ganha um Operador de Laminador de Tubos nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Operador de Laminador de Tubos na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
Itaúna, MG 44 1.570,80 1.631,68 2.302,68 7,50 6.20%
Campos dos Goytacazes, RJ 40 2.913,12 3.026,03 4.270,42 15,13 5.80%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Operador de Laminador de Tubos. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Operador de Laminador de Tubos no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Fabricação de papel 1.570,80 1.631,68 2.302,68 4.60%
Fabricação de obras de caldeiraria pesada 2.913,12 3.026,03 4.270,42 7.40%
Fabricação de artigos de metal para uso doméstico e pessoal 2.148,70 2.231,98 3.149,83 5.20%
Fabricação de outros produtos de metal 2.087,83 2.168,75 3.060,61 4.80%
Construção de embarcações de grande porte 3.383,30 3.514,43 4.959,67 4.30%
Fabricação de máquinas e equipamentos para saneamento básico e ambiental, peças e acessórios 1.914,49 1.988,69 2.806,50 6.30%
Produção de tubos de aço com costura 3.473,04 3.607,65 5.091,22 6.90%
Comércio varejista de materiais de construção 2.136,21 2.219,00 3.131,52 8.30%
Fabricação de embalagens de cartolina e papel-cartão 1.680,53 1.745,67 2.463,54 7.60%
Fabricação de artefatos de material plástico para outros usos 1.928,71 2.003,47 2.827,35 6.50%
Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas anteriormente 2.330,19 2.420,50 3.415,88 6.40%
Serviços de engenharia 1.904,20 1.978,00 2.791,41 5.20%
Fabricação de caldeiras geradoras de vapor, exceto para aquecimento central e para veículos 3.155,69 3.278,00 4.626,01 5.90%
Comércio atacadista de embalagens 3.200,94 3.325,00 4.692,34 6.10%
Locação de mão-de-obra temporária 2.539,57 2.638,00 3.722,82 7.00%
Fabricação de outras máquinas e equipamentos de uso geral , peças e acessórios 3.227,90 3.353,00 4.731,85 4.50%
Fabricação de outros produtos de minerais não-metálicos 1.735,69 1.802,96 2.544,39 6.60%
Fabricação de tubos e acessórios de material plástico para uso na construção 1.395,90 1.450,00 2.046,28 6.00%
Fabricação de embalagens de material plástico 1.736,69 1.804,00 2.545,86 8.00%
Fabricação de laminados planos e tubulares de material plástico 1.986,99 2.064,00 2.912,78 4.70%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.