Salário de Operador de Caldeira a Vapor 2020 - Reajute salarial atual

Convenção coletiva Operador de Caldeira a Vapor 2020 para todos os estados e capitais brasileiras. Encontre o valor do piso salarial de Operador de Caldeira a Vapor pelo sindicato, bem como o reajuste salarial desse ano e o aumento salarial em todas as principais localidades da profissão CBO 862120.

O dissídio de Operador de Caldeira a Vapor 2020 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 862120 no cargo de Operador de Caldeira a Vapor.

Categorias profissionais do Operador de Caldeira a Vapor CBO 862120

— Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
—— Operadores de produção, captação, tratamento e distribuição (energia, água e utilidades).
——— Operadores de utilidades.
———— Operadores de máquinas a vapor e utilidades.

Atividades exercidas por um Operador de Caldeira a Vapor no cargo

controlar o funcionamento de máquinas / instalações fixas, realizar manutenção de rotina, controlar o funcionamento de caldeiras, preparar máquinas e equipamentos para entrar em operação, controlar qualidade da Água ou combustível, trabalhar com segurança, operar sistemas de bombeamento, demonstrar competências pessoais.

Aumento do piso salarial e reajuste 2020 da categoria

O reajuste salarial 2020 para Operador de Caldeira a Vapor ficou em 4.10%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2020 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Operador de Caldeira a Vapor e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Operadores de máquinas a vapor e utilidades que ficou em 4.10% para 2020.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Operador de Caldeira a Vapor em 2020 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2020 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Operadores de máquinas a vapor e utilidades 2020

O salário de Operador de Caldeira a Vapor mostrado aqui é resultado do levantamento de 6811 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2020, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Operadores de máquinas a vapor e utilidades que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Operador de Caldeira a Vapor com salários atualizados em 2020. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Operador de Caldeira a Vapor CBO 862120 salário

Valor do salário no dissídio de Operador de Caldeira a Vapor 2020 em todos os estados

Acre

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Acre de 2020 foi calculado por uma amostragem de 29 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Acre é R$ 1.270,76 com uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 998,00.
  • Rio Branco - AC

  • O salário médio na cidade de Rio Branco é R$ 1.150,20.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.094,59.

Alagoas

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em Alagoas de 2020 foi calculado por uma amostragem de 51 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Alagoas é R$ 1.565,47 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.488,85.
  • Maceió - AL

  • O salário médio na cidade de Maceió é R$ 1.568,50.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.492,67.

Amazonas

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Amazonas de 2020 foi calculado por uma amostragem de 28 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Amazonas é R$ 1.791,93 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.704,22.
  • Manaus - AM

  • O salário médio na cidade de Manaus é R$ 1.843,25.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.754,14.

Amapá

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Amapá de 2020 foi calculado por uma amostragem de 3 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Amapá é R$ 1.164,00 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.107,03.
  • Macapá - AP

  • O salário médio na cidade de Macapá é R$ 1.092,00.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.039,21.

Bahia

O salário de Operador de Caldeira a Vapor na Bahia de 2020 foi calculado por uma amostragem de 168 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado da Bahia é R$ 1.747,64 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.662,10.
  • Salvador - BA

  • O salário médio na cidade de Salvador é R$ 2.137,58.
  • Piso salarial 2020: R$ 2.034,24.

Ceará

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Ceará de 2020 foi calculado por uma amostragem de 114 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Ceará é R$ 1.337,19 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.271,74.
  • Fortaleza - CE

  • O salário médio na cidade de Fortaleza é R$ 1.275,38.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.213,73.

Distrito Federal

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Distrito Federal de 2020 foi calculado por uma amostragem de 29 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o Distrito Federal é R$ 1.678,69 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.596,53.
  • Brasília - DF

  • O salário médio na cidade de Brasília é R$ 1.678,69.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.597,53.

Espírito Santo

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Espírito Santo de 2020 foi calculado por uma amostragem de 116 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o Espírito Santo é R$ 1.678,69 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.666,26.
  • Vitória - ES

  • O salário médio na capital Vitória é R$ 998,00.
  • Piso salarial 2020: R$ 998,00.

Goiás

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em Goiás de 2020 foi calculado por uma amostragem de 316 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Goiás é R$ 1.603,20 com uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.524,73.
  • Goiânia - GO

  • O salário médio na capital Vitória é R$ 1.524,29.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.450,59.

Maranhão

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Maranhão de 2020 foi calculado por uma amostragem de 63 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Maranhão é R$ 1.730,78 com uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.646,06.
  • São Luís - MA

  • O salário médio na capital São Luís é R$ 1.769,86.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.684,29.

Minas Gerais

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em Minas Gerais de 2020 foi calculado por uma amostragem de 710 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Minas Gerais é R$ 1.792,08 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.704,37.
  • Belo Horizonte - MG

  • O salário médio na cidade de Belo Horizonte é R$ 1.692,76.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.610,93.

Mato Grosso do Sul

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Mato Grosso do Sul de 2020 foi calculado por uma amostragem de 160 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Mato Grosso do Sul é R$ 1.810,78 com uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.722,15.
  • Campo Grande - MS

  • O salário médio na cidade de Campo Grande é R$ 1.627,56.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.548,88.

Mato Grosso

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Mato Grosso de 2020 foi calculado por uma amostragem de 437 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Mato Grosso é R$ 1.827,88 com uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.738,41.
  • Cuiabá - MT

  • O salário médio na cidade de Cuiabá é R$ 1.633,33.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.554,37.

Pará

O salário de Operador de Caldeira a Vapor na Pará em 2020 foi calculado por uma amostragem de 223 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Pará é R$ 1.495,30 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.422,12.
  • Balém - PA

  • O salário médio na capital Belém é R$ 1.528,86.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.454,95.

Paraíba

O salário de Operador de Caldeira a Vapor na Paraíba de 2020 foi calculado por uma amostragem de 65 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado da Paraíba é R$ 1.195,62 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.137,10.
  • João Pessoa - PB

  • O salário médio na capital João Pessoa é R$ 1.333,43.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.268,96.

Pernambuco

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Pernambuco de 2020 foi calculado por uma amostragem de 196 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Pernambuco é R$ 1.223,88 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.163,97.
  • Recife - PE

  • O salário médio na capital Recife é R$ 1.588,73.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.511,92.

Piauí

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Piauí de 2020 foi calculado por uma amostragem de 42 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Piauí é R$ 1.298,67 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.235,10.
  • Teresina - PI

  • O salário médio na capital Teresina é R$ 1.282,93.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.220,91.

Paraná

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Paraná de 2020 foi calculado por uma amostragem de 863 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Paraná é R$ 1.816,43 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.727,53.
  • Curitiba - PR

  • O salário médio na capital Curitiba é R$ 1.636,39.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.557,28.

Rio de Janeiro

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Rio de Janeiro de 2020 foi calculado por uma amostragem de 261 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Rio de Janeiro é R$ 1.946,21 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.850,95.
  • Rio de Janeiro - RJ

  • O salário médio na cidade do Rio de Janeiro é R$ 2.036,82.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.938,35.

Rio Grande do Norte

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Rio Grande do Norte de 2020 foi calculado por uma amostragem de 23 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Rio Grande do Norte é R$ 1.560,74 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.484,35.
  • Natal - RN

  • O salário médio na cidade de Natal é R$ 1.416,33.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.347,86.

Rondônia

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em Rondônia de 2020 foi calculado por uma amostragem de 81 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Rondônia é R$ 1.368,32 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.301,35.
  • Porto Velho - RO

  • O salário médio na cidade de Porto Velho é R$ 1.307,29.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.244,08.

Roraima

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em Roraima de 2020 foi calculado por uma amostragem de 5 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Roraima é R$ 1.587,60 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.509,89.
  • Boa Vista - RR

  • O salário médio na cidade de Boa Vista é R$ 1.810,00.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.722,50.

Rio Grande do Sul

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Rio Grande do Sul de 2020 foi calculado por uma amostragem de 524 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Rio Grande do Sul é R$ 1.937,72 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.842,88.
  • Porto Alegre - RS

  • O salário médio na cidade de Porto Alegre é R$ 1.918,60.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.825,84.

Santa Catarina

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em Santa Catarina de 2020 foi calculado por uma amostragem de 732 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Santa Catarina é R$ 1.939,16 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.844,24.
  • Florianópolis - SC

  • O salário médio na cidade de Florianópolis é R$ 1.178,00.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.121,05.

Sergipe

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Sergipe de 2020 foi calculado por uma amostragem de 57 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de Sergipe é R$ 1.359,19 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.292,67.
  • Aracajú - SE

  • O salário médio na cidade de Aracajú é R$ 1.178,00.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.121,05.

São Paulo

O salário de Operador de Caldeira a Vapor em São Paulo de 2020 foi calculado por uma amostragem de 1488 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado de São Paulo é R$ 2.008,82 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.910,50.
  • São Paulo - SP

  • O salário médio na cidade de São Paulo é R$ 2.183,69.
  • Piso salarial 2020: R$ 2.078,12.

Tocantins

O salário de Operador de Caldeira a Vapor no Tocantins de 2020 foi calculado por uma amostragem de 27 salários de profissionais contratados e envolvidos em convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio de Operador de Caldeira a Vapor em todo o estado.

  • A média do salário em todo o estado do Tocantins é R$ 1.518,48 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.
  • Piso salarial 2020: R$ 1.444,16.
  • Tocantins - TO

  • O salário médio na cidade de Palmas é R$ 998,00.
  • Piso salarial 2020: R$ 998,00.

Top 10 segmentos de empresas que mais contratam Operador de Caldeira a Vapor

Setores de empresas que mais contratam Operador de Caldeira a Vapor no momento. Muitas dessas empresas não contratam só Operador de Caldeira a Vapor como também outros profissionais Operadores de máquinas a vapor e utilidades.

  1. Fabricação de Açúcar em Bruto
  2. Fabricação de Laticínios
  3. Fabricação de álcool
  4. Serrarias com Desdobramento de Madeira
  5. Fabricação de Madeira Laminada e de Chapas de Madeira Compensada, Prensada e Aglomerada
  6. Frigorífico - Abate de Bovinos
  7. Fabricação de Alimentos para Animais
  8. Fabricação de óleos Vegetais em Bruto, Exceto óleo de Milho
  9. Manutenção e Reparação de Tanques, Reservatórios Metálicos e Caldeiras, Exceto para Veículos
  10. Abate de Aves

Aumentos e reajustes de cargos relacionados ao Operador de Caldeira a Vapor