O dissídio de Marcheteiro 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 775120 no cargo de Marcheteiro.

Estado com maior salário médio

São Paulo

R$ 3.007,70

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

30 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

Goiânia - GO

R$ 1.390,24

Cidade que mais contrata

Goiânia - GO

25 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Marcheteiro aplica técnica de marchetaria - arte de ornamentar peças e móveis de madeira -, traçando os contornos dos motivos de decoração em lâminas de madeira, metal ou outro material, cortando as lâminas, submetendo as partes a tratamentos térmicos ou químicos para obter tonalidade ou cor, preparando a superfície a ser ornamentada, fazendo a colagem das lâminas recortadas sobre a superfície-base, executando o acabamento, e fazendo a montagem final da peça ou móvel Planeja as atividades, elaborando projeto.

Controla qualidade de processo e de produto Executa manutenção básica de máquinas e equipamentos Pode utilizar software CAD-Desenho Assistido por Computador (Computer Aided Design).

Pode usar “software” de modelagem 3D Cumpre normas e procedimentos técnicos, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

O que faz um Marcheteiro

O Marcheteiro planeja as atividades, elaborando projeto de acabamento de marchetaria em peças e móveis de madeira Define as etapas e a sequência de trabalho.

Estabelece as dimensões do produto, elaborando croqui.

Define detalhes de acabamento, desenhando modelos de peças e estabelecendo medidas, volumes e espessuras Elabora o orçamento do projeto.

Pode obter aprovação do projeto e do orçamento junto ao cliente Prepara as condições operacionais para execução das atividades, organizando o local de trabalho e providenciando os insumos necessários.

Verifica a disponibilidade do tipo e da quantidade de materiais, selecionados de acordo com especificações técnicas.

Prepara máquinas, equipamentos, ferramentas e instrumentos de medição e controle, testando seu funcionamento Prepara a realização da marchetaria, confeccionando gabaritos.

Observa a técnica de marchetaria – como tarsia geométrica, tarsia a incastro ou outra - a ser utilizada.

Traça na lâmina - de madeira, madrepérola, metal ou outro material - os contornos dos motivos de decoração Corta as lâminas com uso de máquinas e ferramentas manuais, mecânicas ou elétricas Submete as partes a tratamentos térmicos ou químicos para obter tonalidade ou cor de acordo com o projeto.

Prepara a superfície de peça ou móvel a ser ornamentado, limpando-a e mantendo-a lisa e plana, por meio da eliminação de imperfeições, tais como rugosidade excessiva, concavidades ou convexidades Realiza montagem, incrustação ou aplicação das lâminas que comporão a marchetaria, encaixando e embutindo as partes para formar a geometria ou a figura, orientando-se por desenhos e gabaritos Faz a colagem das lâminas sobre a superfície-base.

Realiza o acabamento, podendo eliminar impurezas, aplicar produtos - como verniz ou cera – e lixar Fixa acessórios, quando for o caso.

Executa a montagem final da peça ou móvel Controla a qualidade do processo e do produto, verificando dimensões, textura, colagem e exatidão dos encaixes, da geometria, das cores e tonalidades, e das figuras Pode corrigir defeitos, utilizando lixas e massas.

Pode utilizar software CAD-Desenho Assistido por Computador (Computer Aided Design) na preparação de desenhos e na elaboração do projeto Pode usar “software” de modelagem 3D Pode aplicar técnicas de marchetaria em restauração de peças antigas e na reciclagem de móveis.

Interpreta desenhos, modelos, especificações e manuais técnicos de máquinas, equipamentos, ferramentas e instrumentos de medição e controle Preenche relatórios de produção, fichas e formulários de manutenção e registra ocorrências de controle do processo e do produto Executa manutenção básica de máquinas e equipamentos, fazendo limpeza e lubrificação.

Realiza substituição e ajuste de peças Solicita e monitora manutenções preventiva e corretiva de máquinas e equipamentos Conserva o local de trabalho limpo e organizado Mantém ferramentas e instrumentos limpos, organizados e acondicionados Afia ferramentas de corte.

Atua na preservação do meio ambiente, aproveitando madeira caída de diversas espécies de árvores, madeiras de reflorestamento e outros tipos de matéria-prima ecologicamente correta na marchetaria, em estratégia de desenvolvimento sustentável Trabalha com segurança, utilizando equipamentos de proteção individual e verificando as condições dos equipamentos de proteção coletiva Identifica áreas de risco, fazendo sua sinalização e participando de estudo para sua eliminação.

Funções do Marcheteiro

O profissional Marcheteiro deve preparar madeiras e móveis para acabamento, organizar o local de trabalho, assegurar a qualidade do acabamento da madeira e do mobiliário, realizar o acabamento em madeiras e móveis, demonstrar competências pessoais, preparar máquinas, equipamentos e ferramentas de trabalho, planejar o trabalho, elaborar projetos de acabamento em madeira e mobiliário.

Condições de trabalho da profissão

Trabalhadores de arte e do acabamento em madeira do mobiliário trabalham geralmente em indústrias de madeira e do mobiliário, na condição de assalariado com carteira assinada, exceto o entalhador e o marcheteiro, que normalmente trabalham como autônomos. Em algumas atividades, podem estar sujeitos a ruído intenso e materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Marcheteiro

Um Marcheteiro deve administrar imprevistos, solicitar materiais necessários para o trabalho, verificar o funcionamento dos epcs (exaustor, cortina d´água), preparar o local para aplicação do acabamento, considerar as condições climáticas, montar peças confeccionadas, respeitar o prazo de entrega, comunicar-se, sinalizar o local de trabalho (fitas, placas, faixas), agir com ética, cortar a peça de acabamento conforme o projeto, interpretar desenho e modelo, selecionar produtos de acabamento de superfícies (tintas, vernizes), desenvolver habilidades manuais, corrigir defeitos e imperfeições com lixas e massa, remover impurezas das peças, considerar as condições da matéria-prima, definir a quantidade de cada material, definir as etapas de trabalho, testar as ferramentas de corte, desenhar a peça na madeira, selecionar a madeira e lâminas, fixar acessórios, afiar ferramentas de cortes manuais, embalar peças, obter aprovação do projeto junto ao cliente, unir lâminas manualmente ou com máquinas, manter-se atualizado em relação a novos produtos e novas tecnologias, estabelecer dimensões da peça, elaborar o croqui do produto, construir modelos e gabaritos, utilizar epi e epc, considerar o grau de dificuldade, realizar a montagem final, colar peças, prensar peças laminadas e maciças, realizar pequenos reparos (óleo, correia), estocar matéria-prima, lixar peças, trabalhar em equipe, consultar instruções dos fabricantes para utilização de máquinas, equipamentos e ferramentas, definir o produto junto ao cliente, definir detalhes de acabamento, demonstrar habilidade em numérica, verificar a qualidade da madeira (nós, rachaduras, umidade), elaborar o orçamento do projeto.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Marcheteiro ficou em 5.00%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Marcheteiro e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Trabalhadores de arte e do acabamento em madeira do mobiliário que ficou em 5.00% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Marcheteiro em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Marcheteiro ficou em 3.90% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 23,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Trabalhadores de arte e do acabamento em madeira do mobiliário 2024

O salário de Marcheteiro mostrado aqui é resultado do levantamento de 97 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Trabalhadores de arte e do acabamento em madeira do mobiliário que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Marcheteiro com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Marcheteiro CBO 775120 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Marcheteiro em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Marcheteiro por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 44h 2.895,48 3.007,70 4.244,56 13,67 6.40%
Goiás 44h 1.338,37 1.390,24 1.961,95 6,32 7.90%
Minas Gerais 44h 1.592,95 1.654,69 2.335,15 7,52 6.80%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Marcheteiro.

Dissídio de Marcheteiro por cidade

Quanto ganha um Marcheteiro nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Marcheteiro na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
Goiânia, GO 44 1.338,37 1.390,24 1.961,95 6,32 6.00%
São Paulo, SP 44 3.809,25 3.956,88 5.584,07 17,99 7.70%
Pouso Alegre, MG 44 1.601,21 1.663,27 2.347,26 7,56 6.10%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Marcheteiro. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Marcheteiro no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas anteriormente 1.337,31 1.389,14 1.960,40 6.90%
Comércio varejista de objetos de arte 2.079,17 2.159,75 3.047,90 6.10%
Fabricação de móveis com predominância de madeira 1.650,00 1.713,95 2.418,78 7.90%
Comércio varejista de outros produtos 1.758,42 1.826,57 2.577,71 6.30%
Fabricação de esquadrias de madeira e de peças de madeira para instalações industriais e comerciais 1.457,32 1.513,80 2.136,32 4.70%
Fabricação de produtos diversos 1.369,99 1.423,09 2.008,30 6.70%
Comércio atacadista de embalagens 1.343,91 1.396,00 1.970,08 8.30%
Comércio varejista de suvenires, bijuterias e artesanatos 1.315,03 1.366,00 1.927,74 5.70%
Carga e descarga 1.647,23 1.711,07 2.414,72 7.60%
Ensino fundamental 2.133,00 2.215,67 3.126,82 5.60%
Comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal 1.870,87 1.943,38 2.742,56 4.20%
Fotocópias 1.742,47 1.810,00 2.554,33 4.20%
Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet 2.167,49 2.251,50 3.177,38 4.80%
Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis 11.317,85 11.756,50 16.591,13 5.60%
Construção de redes de abastecimento de água, coleta de esgoto e construções correlatas, exceto obras de irrigação 1.547,52 1.607,50 2.268,55 4.90%
Fabricação de artefatos diversos de madeira, exceto móveis 2.406,72 2.500,00 3.528,08 4.30%
Instalação de portas, janelas, tetos, divisórias e armários embutidos de qualquer material 1.802,15 1.872,00 2.641,82 7.40%
Corretores e agentes de seguros, de planos de previdência complementar e de saúde 2.214,18 2.300,00 3.245,83 5.40%
Montagem de estruturas metálicas 4.096,24 4.255,00 6.004,78 4.10%
Matadouro - abate de reses sob contrato, exceto abate de suínos 1.270,75 1.320,00 1.862,82 6.90%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.