O dissídio de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 142705 no cargo de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção.

Estado com maior salário médio

Rio de Janeiro

R$ 11.836,40

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

5.038 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

Nova Lima - MG

R$ 20.844,86

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

2.071 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Gerente de projetos e serviços de manutenção planeja, organiza, coordena e controla as atividades da área de manutenção e afins, de empresa, sob a direção de diretor ou gerente geral Define políticas, escolhe estratégias e técnicas, e coordena projetos de manutenção.

Promove a gestão da manutenção voltada para a prevenção, a partir de técnicas preditivas Adapta máquinas, equipamentos e instalações às normas Coordena projetos de manutenção, interpretando necessidades de cliente interno ou externo.

Pesquisa inovações tecnológicas aplicáveis aos processos de manutenção Pode fazer uso de “softwares” específicos, como sistemas analíticos, ambientes de desenvolvimento e sistemas computadorizados de gestão da manutenção Administra equipe de trabalho e recursos materiais e financeiros.

Cumpre normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

O que faz um Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção

O Gerente de projetos e serviços de manutenção presta assistência à direção da empresa, durante a elaboração de plano estratégico e a negociação de metas do planejamento tático Elabora planejamento da área de manutenção e afins, mapeando problemas potenciais e analisando relatórios de inspeção.

Negocia programação de parada do uso de máquinas, equipamentos e instalações, para manutenção.

Especifica materiais, equipamentos e serviços Estabelece metas e indicadores de desempenho.

Define políticas de manutenção e de terceirização de serviços Organiza a atuação das equipes de apoio da área de manutenção e afins - em empresas industriais, comerciais e de serviços -, garantindo que todas as tarefas, as operações e os processos sigam os procedimentos estabelecidos, com o objetivo de maximizar os resultados.

Escolhe estratégias e técnicas de manutenção, levando em conta, inclusive, recursos de automação e de conectividade presentes nos sistemas passíveis de manutenção, tendo em vista a diminuição de prejuízos em função de incidentes de manutenção.

Promove a gestão da manutenção voltada para prevenção, a partir de técnicas preditivas - como análise de vibração, avaliação de desgaste, fricção e do estado da lubrificação de equipamentos, monitoramento de parâmetros de processos, entre outras -, buscando melhorar a efetividade dos processos de manutenção Pode utilizar dados de sensores e medidores em equipamentos e sistemas passíveis de manutenção, para análise e tomada de decisão, por meio de tecnologias de ponta, como IoT-Internet das Coisas (Internet of Things), processamento de grande volume de dados (“big data”) e Inteligência Artificial (IA).

Adapta máquinas, equipamentos e instalações às normas.

Coordena projetos de manutenção, interpretando necessidades de cliente interno ou externo Descreve escopo e designa equipe de projeto Recomenda reparo ou troca de equipamento.

Examina e aprova projetos Supervisiona elaboração de orçamentos Acompanha o desenvolvimento dos projetos.

Promove desenvolvimento tecnológico e inovações para incremento da produtividade Otimiza processos e recursos energéticos.

Pesquisa inovações tecnológicas - como novas tecnologias de detecção de falha, com uso de modelos de ML- Aprendizado de Máquina (Machine Learning), para dar suporte às estratégias de manutenção que privilegiam a confiabilidade dos ativos, recursos tecnológicos avançados - como elementos de sensoriamento, redes e inteligência artificial, associados aos componentes, equipamentos e sistemas passíveis de manutenção, entre outras tecnologias digitais de informação e comunicação nas atividades de manutenção Nas atividades de projetos e serviços de manutenção, pode fazer uso de “softwares” - como CAD-Desenho Assistido por Computador (Computer Aided Design) e CAE-Engenharia Auxiliada por Computador (Computer Aided Engineering), sistemas analíticos e ambientes de desenvolvimento, CMMS–Sistema Computadorizado de Gestão da Manutenção (Computerized Maintenance Management System), SCADA–Sistema de Supervisão e Aquisição de Dados (Supervisory Control And Data Acquisition), no contexto da ampliação do uso de sistemas de supervisão, comando e controle, e BIM-Modelagem da Informação da Construção (Building Information Modeling) Gerencia serviços contratados, desenvolvendo e qualificando fornecedores.

Observa conformidade das especificações e dos prazos estabelecidos Administra equipe de trabalho, participando da seleção de pessoal e atribuindo funções para cargos da equipe de manutenção Avalia desempenho da equipe e institui plano de desenvolvimento profissional.

Fornece meios para a garantia de segurança no trabalho, de saúde dos trabalhadores e de conservação ambiental Orienta equipes para o alcance de resultados Administra recursos materiais e financeiros.

Gerencia estoques de manutenção Otimiza uso de recursos financeiros Acompanha processos de auditoria Conduz reuniões de trabalho Estabelece interface com setores internos e com clientes e fornecedores externos.

.

Funções do Gerente de projetos e serviços de manutenção

O profissional Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção deve implementar atividades de manutenção, capacitar equipe, coordenar projetos, administrar equipes, assessorar aquisição de novas tecnologias, coordenar atividades de planejamento e programação da manutenção, aprimorar condições de segurança, saúde, meio ambiente e qualidade, demonstrar competências pessoais, gerir recursos.

Condições de trabalho da profissão

Gerentes de manutenção trabalham em empresas industriais, comerciais e de serviços, onde comandam equipes de engenheiros, supervisores e técnicos de manutenção e reparação. Participam ativamente de processos de reorganização e reforma da produção, da atividade comercial ou de serviços, e na seleção e implantação de novas tecnologias. Podem trabalhar sob pressão e em algumas atividades, como hospitais, ficam expostos a ruído intenso, materiais tóxicos, radiação e riscos biológicos, fatores que podem conduzir à fadiga física e mental, mantêm, vínculo formal de emprego e trabalham com supervisão ocasional.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Gerente de projetos e serviços de manutenção

Um Gerente de projetos e serviços de manutenção deve otimizar uso de recursos financeiros, especificar materiais, equipamentos e serviços, minimizar perdas, delinear política de terceirização, negociar programação de paradas, assegurar cumprimento de orçamentos, selecionar funcionários para contratação, trabalhar sob pressão, revelar visão sistêmica, cobrar resultados, montar organograma funcional, atribuir funções para cada cargo, adaptar máquinas, equipamentos e instalações às normas, promover rotação de postos de trabalho, auditorar cumprimento de normas, qualificar fornecedores, mapear problemas potenciais, demonstrar capacidade de persuasão, elaborar procedimentos e instruções de manutenção, acompanhar desenvolvimento de projetos, demonstrar criatividade, descrever escopo do projeto, demonstrar capacidade de negociação, examinar projetos, zelar pela segurança, saúde, meio ambiente e qualidade, desenvolver fornecedores, gerenciar estoques de manutenção, medir desempenho da equipe, delegar atividades, colaborar na definição de políticas de segurança, saúde, meio ambiente e qualidade, demonstrar capacidade de liderança, orientar equipe para atingir resultados, analisar relatórios de inspeção de máquinas, equipamentos e instalações, autorizar pagamentos, focar resultados, administrar conflitos, planejar parada de máquinas, equipamentos e instalações, tomar decisões, assegurar cumprimento do plano de manutenção, adequar quantidade de recursos da manutenção ao nível da produção, aprovar projetos, controlar cumprimento de normas, trabalhar em equipes multifuncionais, otimizar processos e recursos energéticos, escolher técnicas de manutenção, designar equipe para o projeto, definir metas e indicadores de desempenho, promover atitudes e medidas preventivas, trabalhar com segurança, incentivar surgimento de novas ideias, agir proativamente, interpretar necessidades do cliente, recomendar reparo ou troca de equipamento, definir política de manutenção, estabelecer normas para cumprimento das políticas de segurança, saúde, meio ambiente e qualidade, explicitar metas e indicadores, identificar empresa com melhores resultados, avaliar resultados, converter estratégias em planos, gerenciar serviços contratados, definir recursos humanos e financeiros, verificar nível de satisfação da equipe, supervisionar a elaboração de orçamentos, pesquisar inovações tecnológicas, participar de eventos (seminários, palestras, feiras), instituir plano de desenvolvimento profissional, demonstrar capacidade de comunicação, participar na definição de novos projetos.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção ficou em 7.20%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Gerentes de manutenção que ficou em 7.20% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção ficou em 5.60% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 35,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Gerentes de manutenção 2024

O salário de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção mostrado aqui é resultado do levantamento de 14319 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Gerentes de manutenção que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção CBO 142705 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 43h 8.962,61 9.309,97 13.138,51 43,19 7.80%
Minas Gerais 43h 8.450,08 8.777,58 12.387,19 40,73 5.20%
Rio de Janeiro 42h 11.394,77 11.836,40 16.703,88 55,99 6.10%
Paraná 43h 6.757,33 7.019,22 9.905,74 32,42 5.50%
Bahia 43h 6.485,89 6.737,27 9.507,83 31,21 7.90%
Santa Catarina 44h 6.324,51 6.569,63 9.271,25 30,15 6.30%
Rio Grande do Sul 43h 6.011,57 6.244,56 8.812,51 28,84 4.70%
Goiás 43h 6.846,62 7.111,97 10.036,63 32,85 7.00%
Pernambuco 43h 6.616,23 6.872,66 9.698,90 31,82 5.80%
Espírito Santo 43h 9.043,60 9.394,11 13.257,24 44,07 5.70%
Pará 43h 10.111,21 10.503,09 14.822,27 48,67 7.90%
Ceará 43h 6.510,16 6.762,48 9.543,41 31,11 5.50%
Mato Grosso 44h 6.928,23 7.196,75 10.156,27 32,97 5.40%
Mato Grosso do Sul 43h 9.632,97 10.006,31 14.121,21 46,11 6.40%
Maranhão 43h 8.803,21 9.144,40 12.904,85 42,41 6.50%
Distrito Federal 43h 7.233,60 7.513,95 10.603,91 35,31 7.40%
Amazonas 43h 10.363,06 10.764,70 15.191,47 49,79 6.00%
Rio Grande do Norte 44h 5.903,01 6.131,79 8.653,36 28,08 6.90%
Paraíba 43h 6.432,12 6.681,41 9.429,01 30,73 6.60%
Alagoas 43h 6.778,27 7.040,98 9.936,44 32,89 7.30%
Rondônia 44h 6.801,25 7.064,85 9.970,12 32,34 6.20%
Sergipe 43h 6.038,91 6.272,96 8.852,59 29,22 4.60%
Piauí 44h 4.419,52 4.590,81 6.478,69 21,07 7.20%
Tocantins 44h 5.851,00 6.077,76 8.577,12 27,63 6.00%
Acre 44h 3.377,00 3.507,88 4.950,43 16,03 7.20%
Amapá 44h 4.167,88 4.329,41 6.109,80 19,68 5.20%
Roraima 44h 5.719,82 5.941,50 8.384,82 27,25 5.10%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção.

Dissídio de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção por cidade

Quanto ganha um Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 43 10.012,74 10.400,80 14.677,92 48,56 4.50%
Rio de Janeiro, RJ 42 12.850,74 13.348,79 18.838,22 63,36 5.20%
Belo Horizonte, MG 43 9.149,84 9.504,46 13.412,98 44,41 4.10%
Campinas, SP 43 8.822,75 9.164,69 12.933,49 42,16 4.20%
Barueri, SP 43 9.666,93 10.041,59 14.171,00 46,90 5.10%
Macaé, RJ 43 12.150,28 12.621,19 17.811,40 58,93 4.70%
Curitiba, PR 43 7.850,28 8.154,54 11.507,93 37,94 7.00%
Vitoria, ES 43 10.444,62 10.849,43 15.311,04 50,90 7.90%
Salvador, BA 43 6.271,71 6.514,78 9.193,85 30,11 4.60%
Fortaleza, CE 43 6.532,17 6.785,34 9.575,68 31,44 6.70%
Recife, PE 43 6.422,37 6.671,29 9.414,72 31,23 4.90%
Brasília, DF 43 7.233,60 7.513,95 10.603,91 35,31 4.50%
Porto Alegre, RS 43 6.203,66 6.444,10 9.094,11 29,86 4.80%
São Luís, MA 43 9.602,42 9.974,58 14.076,42 46,44 7.10%
Goiânia, GO 43 5.686,63 5.907,03 8.336,18 27,24 4.90%
Contagem, MG 43 7.464,94 7.754,26 10.943,05 35,72 6.80%
Manaus, AM 43 8.910,94 9.256,30 13.062,77 42,92 4.70%
Sorocaba, SP 43 7.462,24 7.751,45 10.939,08 35,83 5.40%
Juiz de Fora, MG 44 8.475,86 8.804,36 12.424,97 40,43 8.10%
Jaboatão dos Guararapes, PE 43 5.129,95 5.328,77 7.520,12 24,58 6.90%
Uberlândia, MG 43 6.206,10 6.446,63 9.097,68 29,90 6.00%
São Bernardo do Campo, SP 43 7.739,18 8.039,13 11.345,06 37,48 6.70%
Cuiabá, MT 43 6.602,66 6.858,56 9.679,01 31,56 7.50%
Niterói, RJ 42 8.916,22 9.261,78 13.070,50 44,00 7.20%
Guarulhos, SP 44 10.085,36 10.476,24 14.784,38 48,04 7.70%
Serra, ES 42 6.438,15 6.687,68 9.437,85 31,56 8.10%
Santo André, SP 44 6.708,72 6.968,73 9.834,48 31,91 5.40%
Itaúna, MG 44 5.841,32 6.067,71 8.562,93 27,58 7.50%
Jundiaí, SP 43 7.819,74 8.122,81 11.463,15 37,42 4.10%
Indaiatuba, SP 43 7.345,49 7.630,18 10.767,94 35,19 7.20%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Gerente de Projetos e Serviços de Manutenção no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Serviços de engenharia 7.964,52 8.273,20 11.675,38 6.20%
Instalação e manutenção elétrica 6.520,52 6.773,24 9.558,60 4.90%
Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 9.888,16 10.271,39 14.495,30 7.20%
Obras de montagem industrial 7.365,37 7.650,83 10.797,08 4.60%
Transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional 5.024,68 5.219,42 7.365,80 5.20%
Construção de edifícios 6.382,86 6.630,24 9.356,80 6.60%
Hotéis 4.870,26 5.059,02 7.139,44 5.90%
Serviços combinados para apoio a edifícios, exceto condomínios prediais 6.410,49 6.658,94 9.397,30 4.80%
Administração de obras 10.099,55 10.490,98 14.805,19 4.50%
Atividades de atendimento hospitalar, exceto pronto-socorro e unidades para atendimento a urgências 7.391,85 7.678,34 10.835,90 6.40%
Manutenção e reparação de outras máquinas e equipamentos para usos industriais 4.924,44 5.115,30 7.218,87 7.90%
Manutenção de estações e redes de telecomunicações 4.319,67 4.487,09 6.332,31 6.40%
Holdings de instituições não-financeiras 16.091,08 16.714,72 23.588,31 8.20%
Atividades de apoio à extração de petróleo e gás natural 21.721,74 22.563,61 31.842,45 6.70%
Consultoria em tecnologia da informação 10.350,27 10.751,42 15.172,72 4.60%
Locação de mão-de-obra temporária 6.884,45 7.151,27 10.092,09 8.00%
Atividades de consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica 8.722,99 9.061,07 12.787,25 6.20%
Condomínios prediais 6.428,64 6.677,80 9.423,91 6.50%
Instalação e manutenção de sistemas centrais de ar condicionado, de ventilação e refrigeração 6.400,25 6.648,31 9.382,29 7.30%
Atividades de associações de defesa de direitos sociais 4.882,76 5.072,00 7.157,76 5.50%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.