O dissídio de Conselheiro em Acantonamento 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 371405 no cargo de Conselheiro em Acantonamento.

Estado com maior salário médio

Rio de Janeiro

R$ 2.189,57

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

136 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

São Paulo - SP

R$ 2.357,40

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

86 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Recreador de acantonamento elabora, coordena e executa atividades recreativas, geralmente relacionadas à vivência na natureza, para grupo instalado em alojamento Recepciona o grupo, elabora a programação recreativa, executa ou coordena a execução das atividades e avalia a satisfação dos participantes.

Supervisiona o uso de materiais e equipamentos, garantindo condições seguras de utilização Segue procedimentos e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

O que faz um Conselheiro em Acantonamento

O Recreador de acantonamento atua geralmente em colaboração ou parceria com agência de turismo e organizações comunitárias Recepciona o grupo no alojamento, orientando arrumação e cuidados com bens e pertences, informando normas de conduta, acompanhando refeições e esclarecendo dúvidas.

Planeja as atividades de acordo com o perfil e os interesses do grupo e com o tipo de recursos disponíveis.

Programa atividades geralmente relacionadas à vivência na natureza, tais como trilhas em mata, arvorismo, tirolesas, caça ao tesouro na floresta e jogos para descoberta e identificação de animais Pode contratar, preparar e supervisionar equipe de recreação para execução das atividades, para acolher o grupo e para proporcionar atenção especial às pessoas com deficiência.

Prepara, distribui e supervisiona o uso dos materiais e equipamentos, garantindo as condições seguras e adequadas para a sua utilização Explica princípios, técnicas e procedimentos de segurança aos participantes das atividades recreativas.

Executa ou coordena a execução de atividades pela equipe de recreação.

As atividades propostas são explicadas aos participantes, formam-se grupos, orienta-se a execução Pode improvisar alternativas, quando necessário.

Avalia as atividades realizadas, verificando a satisfação dos participantes.

Administra primeiros socorros, de acordo com os procedimentos prescritos Notifica o pessoal médico de emergência, quando necessário Produz cartazes e folhetos ou providencia outros meios de divulgação das atividades.

Registra as atividades em sistema informatizado Elabora relatório de atividades.

Funções do Recreador de acantonamento

O profissional Conselheiro em Acantonamento deve elaborar projetos de atividades recreativas, atender clientes, promover atividades lúdicas estimulantes À participação, executar atividades recreativas, demonstrar competências pessoais, trabalhar com segurança, comunicar-se, coordenar setor de recreação, administrar equipamentos e materiais para recreação.

Condições de trabalho da profissão

Recreadores trabalham em instituições de ensino, de atividades recreativas, culturais e desportivas, em empresas de atividades de lazer, hotéis, acampamentos, resorts, clubes, acantonamentos, navios, festas e eventos, parques temáticos, bufês infantis, excursões, colônias de férias e spas. Geralmente são autônomos, organizam-se em equipe de recreadores, desenvolvem as atividades sob supervisão ocasional, em ambientes fechados, a céu aberto e em veículos, atuando em horários irregulares.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Recreador de acantonamento

Um Recreador de acantonamento deve orientar equipes de trabalho, anunciar atividades propostas, adequar programação às condições meteorológicas, demonstrar imparcialidade, avaliar satisfação do cliente, avaliar atividades, prevenir situações de risco, demonstrar tolerância, produzir cartazes e folhetos explicativos, divulgar informações, selecionar pessoal, capacitar pessoal, analisar espaços físicos e naturais, fantasiar-se, difundir valores éticos, demonstrar comprometimento educacional, manter equipamentos e materiais para recreação em condições de uso, demonstrar habilidade para realizar tarefas diversificadas, distribuir prêmios, encerrar atividades, analisar perfil dos clientes, construir normas de conduta, demonstrar empatia, demonstrar disposição, trabalhar em equipe, preencher comunicados internos, orientar arrumação e cuidados com bens e pertences, orientar uso de equipamentos de segurança, pernoitar com crianças e jovens, nos alojamentos, identificar características de risco dos clientes, maquiar-se, encaminhar clientes para atendimento médico, contratar serviços terceirizados, transmitir segurança, servir como referencial de conduta, definir premiação, demonstrar facilidade de comunicação, realizar danças lúdicas, demonstrar dinamismo, selecionar atividades, demonstrar extroversão, definir sequência das atividades, elaborar relatório de atividades, brincar com os participantes, supervisionar o uso dos equipamentos e materiais para recreação, ensinar atividades propostas, definir público-alvo, acompanhar trajeto de viagens, conduzir atividades, confeccionar material para recreação, seguir normas técnicas de segurança, sugerir alternativas, usar uniforme, demonstrar liderança, improvisar alternativas, demonstrar criatividade, prestar primeiros socorros, fornecer subsídios a outros setores, cantar músicas e cantigas, recrutar pessoal, distribuir tarefas para a equipe, supervisionar serviços terceirizados, orientar higiene pessoal, identificar clientes com crachá ou similar, demonstrar habilidade para lidar com público, supervisionar vestimentas, estimular disciplina, identificar áreas e situações de risco, organizar chegada e saída de clientes, contatar responsáveis, contar estórias, demonstrar senso de organização, recepcionar clientes, acompanhar refeições, supervisionar alimentação, esclarecer dúvidas, preencher fichas de avaliação, contornar situações adversas, analisar equipamentos disponíveis, formar grupos, convidar participantes, definir cronograma, organizar embarque e desembarque de clientes, elaborar programação recreativa, identificar pertences dos clientes, divulgar premiação, mediar conflitos, participar das atividades, orçar serviços e materiais, oferecer subsídios para divulgação das atividades, atualizar-se, demonstrar atividades propostas, dramatizar situações e personagens, jogar, agendar atividades, observar o estado geral dos clientes.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Conselheiro em Acantonamento ficou em 4.70%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Conselheiro em Acantonamento e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Recreadores que ficou em 4.70% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Conselheiro em Acantonamento em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Conselheiro em Acantonamento ficou em 7.80% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 25,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Recreadores 2024

O salário de Conselheiro em Acantonamento mostrado aqui é resultado do levantamento de 411 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Recreadores que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Conselheiro em Acantonamento com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Conselheiro em Acantonamento CBO 371405 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Conselheiro em Acantonamento em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Conselheiro em Acantonamento por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 42h 2.078,32 2.158,87 3.046,66 10,19 4.50%
Paraná 41h 1.580,42 1.641,67 2.316,77 8,06 7.60%
Minas Gerais 44h 1.375,09 1.428,39 2.015,78 6,54 4.60%
Mato Grosso 43h 1.409,98 1.464,63 2.066,92 6,81 7.10%
Bahia 44h 1.343,80 1.395,88 1.969,91 6,34 7.20%
Tocantins 44h 1.445,32 1.501,33 2.118,73 6,82 4.70%
Rio Grande do Sul 33h 1.773,47 1.842,21 2.599,78 11,05 7.70%
Santa Catarina 41h 1.637,51 1.700,97 2.400,46 8,25 4.40%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Conselheiro em Acantonamento.

Dissídio de Conselheiro em Acantonamento por cidade

Quanto ganha um Conselheiro em Acantonamento nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Conselheiro em Acantonamento na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 42 2.269,45 2.357,40 3.326,84 11,24 5.80%
Ponta Grossa, PR 38 1.430,99 1.486,45 2.097,72 7,93 5.30%
Palmas, TO 44 1.445,32 1.501,33 2.118,73 6,82 7.30%
São José dos Campos, SP 44 1.492,17 1.550,00 2.187,41 7,05 8.30%
Cuiabá, MT 43 1.387,37 1.441,14 2.033,78 6,73 5.20%
Porto Seguro, BA 44 1.354,24 1.406,72 1.985,21 6,39 5.60%
Maringá, PR 44 1.839,13 1.910,41 2.696,03 8,68 4.90%
Sapucaí-Mirim, MG 44 1.401,89 1.456,22 2.055,07 6,62 7.20%
São José dos Pinhais, PR 44 1.545,80 1.605,71 2.266,03 7,30 4.90%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Conselheiro em Acantonamento. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Conselheiro em Acantonamento no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas 2.721,54 2.827,02 3.989,58 5.50%
Locação de automóveis sem condutor 1.430,99 1.486,45 2.097,72 6.70%
Hotéis 1.775,81 1.844,63 2.603,20 4.50%
Educação infantil - creche 1.468,47 1.525,38 2.152,67 8.30%
Restaurantes e similares 1.370,64 1.423,77 2.009,26 8.20%
Educação infantil - pré-escola 1.684,78 1.750,08 2.469,76 5.90%
Seleção e agenciamento de mão-de-obra 1.492,17 1.550,00 2.187,41 6.50%
Outros alojamentos 1.399,27 1.453,50 2.051,23 4.90%
Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios 1.839,13 1.910,41 2.696,03 4.50%
Limpeza em prédios e em domicílios 1.768,46 1.837,00 2.592,43 5.20%
Campings 1.545,80 1.605,71 2.266,03 6.30%
Atividades de assistência psicossocial e à saúde a portadores de distúrbios psíquicos, deficiência mental e dependência química não especificadas ante 1.752,17 1.820,08 2.568,55 4.50%
Parques de diversão e parques temáticos 1.483,34 1.540,83 2.174,47 4.10%
Clubes sociais, esportivos e similares 1.711,58 1.777,92 2.509,05 6.00%
Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 1.377,14 1.430,51 2.018,78 4.10%
Ensino fundamental 2.044,73 2.123,98 2.997,42 6.00%
Atividades de associações de defesa de direitos sociais 1.893,69 1.967,09 2.776,01 6.90%
Serviços de alimentação para eventos e recepções - bufê 1.343,91 1.396,00 1.970,08 8.30%
Aluguel de equipamentos recreativos e esportivos 1.422,37 1.477,50 2.085,09 4.20%
Outras atividades de recreação e lazer não especificadas anteriormente 1.426,38 1.481,67 2.090,97 7.00%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.