O dissídio de Avaliador de Jóias 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 354415 no cargo de Avaliador de Jóias.

Estado com maior salário médio

São Paulo

R$ 2.668,45

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

386 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

São Paulo - SP

R$ 2.496,16

Cidade que mais contrata

São Paulo - SP

186 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Avaliador de bens móveis elabora laudo de avaliação do valor de mercado de máquinas e equipamentos, veículos de transporte e outros bens móveis Inicia o processo de avaliação pela conferência e análise da documentação dos bens.

Efetua vistoria dos bens, para registro das características físicas e de utilização, análise de funcionamento, e avaliação do estado de conservação Executa pesquisa de mercado dos bens iguais ou similares junto a fornecedores e fabricantes, verificando a cotação de preços de bens novos e aplicando depreciação, ou efetuando a apuração de valor de bens usados e considerando as diferenças em relação aos bens em avaliação Faz tratamento e análise dos dados levantados, de acordo com a metodologia adotada de avaliação.

Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

O que faz um Avaliador de Jóias

O Avaliador de bens móveis recebe solicitação de avaliação de bens móveis – tais como máquinas e equipamentos, veículos aéreos, terrestres e marítimos, móveis e utensílios, entre outros -, levantando a identificação do solicitante Verifica o objetivo da avaliação, podendo destinar-se a provar o valor de bens em processos judiciais e extrajudiciais - tais como dissoluções societárias, alienações, fusões, cisões, incorporações, entre outros, atualizar o valor de mercado dos ativos de uma empresa, estabelecer preço para compra e venda de empresas e negócios, determinar o valor para seguro, ou outra finalidade similar.

Realiza o planejamento dos serviços de avaliação, estabelecendo as etapas do trabalho e o cronograma de execução.

Seleciona o método de avaliação de bens – como método comparativo direto de dados de mercado, métodos de custos, entre outros - e os procedimentos a serem utilizados Identifica grau de agregação da avaliação, podendo considerar máquina isolada, linha de montagem, módulo, unidade industrial ou outra agregação de bens.

Confere e analisa a documentação disponível dos bens em avaliação Realiza vistoria para a confirmação da existência dos bens e para sua caracterização.

Registra características físicas e de utilização dos bens e outros aspectos relevantes para a avaliação.

Verifica cada bem em funcionamento, relatando situações identificadas que possam afetar o seu valor Avalia o estado de conservação de cada bem.

Fotografa os bens.

Elabora laudo da vistoria Faz pesquisa de mercado dos bens novos ou usados, junto aos fornecedores e fabricantes Verifica a cotação de preços de bens novos iguais ou similares e estabelece o valor depreciado, face à obsolescência, ao estado de conservação e à vida útil dos bens em avaliação.

Efetua apuração de valor de bens usados iguais ou similares para comparação, considerando as diferenças em relação aos bens em avaliação, tais como desempenhos operacionais (volume de produção e qualidade do produto produzido), estruturas construtivas dos bens e itens opcionais Explicita estudos, projetos ou perspectivas tecnológicas que possam vir a afetar o valor do bem em avaliação, apresentando as consequências e o prazo previsto de efetivação Faz tratamento e análise dos dados levantados, de acordo com a metodologia adotada de avaliação e considerando finalidade do laudo de avaliação.

Elabora o laudo da avaliação, apresentando os resultados da análise realizada e atribuindo valor ao bem móvel, em determinada data de referência e para uma finalidade predefinida Detalha, entre outros itens, identificação do solicitante, finalidade do laudo, grau de agregação da avaliação, identificação e caracterização do bem em avaliação, metodologia utilizada para avaliação, tratamento dos dados, e resultado da avaliação.

Pode emitir laudo de avaliação simplificado Organiza e arquiva cópia de documentos - físicos e digitais – relacionados ao processo de avaliação.

Funções do Avaliador de bens móveis

O profissional Avaliador de Jóias deve captar leilões de bens móveis, imóveis e semoventes, demonstrar competências pessoais, oficializar leilões e pareceres técnicos, avaliar bens móveis, imóveis e semoventes, divulgar leilões de bens móveis, imóveis e semoventes, organizar leilões de bens móveis, imóveis e semoventes, administrar leilões, armazenar bens.

Condições de trabalho da profissão

Leiloeiros e avaliadores prestam serviços a pessoas, instituições públicas e privadas. Atuam em atividades imobiliárias, de extração de minerais, empresariais e artísticas, podendo, os leilões, serem feitos para indústrias, comércio ou serviços. Trabalham em empresas ou por conta-própria, em equipe e, ocasionalmente, com supervisão. O local de trabalho varia de ambientes fechados a céu aberto ou em veículos e os horários costumam ser irregulares. Podem trabalhar em posições desconfortáveis por longos períodos e sob pressão. Em algumas situações, o avaliador de bens móveis é exposto a materiais tóxicos e à radiação e o leiloeiro à agressão de pessoas durante leilão.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Avaliador de bens móveis

Um Avaliador de bens móveis deve identificar lotes, manifestar desinibição, demonstrar noções de cálculo financeiro, demonstrar conhecimento básico sobre os produtos a serem leiloados, discriminar bens, demonstrar acuidade auditiva e visual, determinar formas de armazenamento, manter site na internet, garantir guarda e segurança dos bens móveis, expor os lotes, registrar evidências do bem avaliado, quantificar lotes, movimentar estoques, analisar a origem, características e o estado dos bens, evidenciar capacidade oratória, emitir laudo técnico, aferir os preços com o mercado, separar lotes, fotografar e filmar bens avaliados, verificar procedência dos bens, pesquisar o mercado, informatizar as operações, pré-avaliar viabilidade de leilão, demonstrar habilidade no trato com o público, demonstrar agilidade de raciocínio, fornecer orientação e informação aos interessados, atrair interessados ao leilão, fechar contratos de prestação de serviços, averiguar documentação dos bens, examinar autenticidade dos bens por meio de testes e provas, sugerir preço dos bens, contratar pessoal de apoio, manifestar perspicácia, providenciar o transporte dos bens, dar publicidade aos leilões, transmitir credibilidade ao público, demonstrar capacidade de persuasão, emitir laudo comercial, contratar apoio logístico para o evento, disponibilizar documentação conforme normas dos órgãos fiscalizadores, determinar local da guarda dos bens, elaborar ordem de entrada dos bens, consultar tabelas de preço relacionadas aos bens, zelar pela integridade dos bens móveis, demonstrar habilidade em extrair informações, consultar histórico de vendas, vistoriar bens a serem leiloados, elaborar laudo de vistoria, elaborar catálogo de vendas.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Avaliador de Jóias ficou em 7.20%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Avaliador de Jóias e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Leiloeiros e avaliadores que ficou em 7.20% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Avaliador de Jóias em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Avaliador de Jóias ficou em 7.20% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 23,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Leiloeiros e avaliadores 2024

O salário de Avaliador de Jóias mostrado aqui é resultado do levantamento de 1291 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Leiloeiros e avaliadores que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Avaliador de Jóias com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Avaliador de Jóias CBO 354415 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Avaliador de Jóias em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Avaliador de Jóias por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 44h 2.568,89 2.668,45 3.765,80 12,26 6.40%
Minas Gerais 43h 1.867,21 1.939,58 2.737,20 8,94 7.30%
Paraná 44h 2.089,19 2.170,16 3.062,60 9,92 5.60%
Santa Catarina 44h 2.337,82 2.428,42 3.427,07 11,06 6.00%
Rio Grande do Sul 44h 2.340,48 2.431,19 3.430,97 11,06 7.40%
Distrito Federal 44h 1.784,41 1.853,57 2.615,81 8,43 5.30%
Bahia 44h 1.665,92 1.730,49 2.442,12 7,87 7.60%
Pará 44h 1.519,13 1.578,01 2.226,93 7,17 6.40%
Rio de Janeiro 43h 1.733,41 1.800,59 2.541,05 8,38 6.10%
Goiás 44h 1.593,86 1.655,64 2.336,48 7,53 7.20%
Espírito Santo 44h 2.190,09 2.274,97 3.210,50 10,35 7.80%
Ceará 44h 1.519,93 1.578,83 2.228,10 7,18 7.90%
Mato Grosso do Sul 44h 2.199,26 2.284,50 3.223,95 10,38 4.50%
Mato Grosso 44h 2.141,94 2.224,96 3.139,93 10,11 5.60%
Maranhão 44h 1.505,64 1.564,00 2.207,16 7,11 6.10%
Amazonas 44h 1.535,30 1.594,80 2.250,63 7,26 8.20%
Pernambuco 44h 2.039,97 2.119,03 2.990,44 9,63 6.90%
Sergipe 44h 1.411,88 1.466,60 2.069,71 6,67 7.90%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Avaliador de Jóias.

Dissídio de Avaliador de Jóias por cidade

Quanto ganha um Avaliador de Jóias nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Avaliador de Jóias na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo, SP 43 2.403,03 2.496,16 3.522,66 11,52 4.70%
Belo Horizonte, MG 43 1.894,70 1.968,13 2.777,48 9,06 5.80%
Curitiba, PR 44 2.108,28 2.189,99 3.090,58 10,04 6.60%
Brasília, DF 44 1.784,41 1.853,57 2.615,81 8,43 6.90%
Goiânia, GO 44 1.590,53 1.652,18 2.331,60 7,51 4.10%
Rio de Janeiro, RJ 44 1.762,92 1.831,25 2.584,31 8,41 6.00%
Fortaleza, CE 44 1.546,43 1.606,36 2.266,95 7,30 5.70%
Salvador, BA 44 1.767,43 1.835,93 2.590,92 8,35 7.30%
Campo Grande, MS 44 2.342,96 2.433,76 3.434,60 11,06 4.80%
Londrina, PR 44 2.193,17 2.278,17 3.215,03 10,36 4.90%
Belém, PA 44 1.463,26 1.519,97 2.145,02 6,91 7.40%
Santo André, SP 44 1.816,17 1.886,56 2.662,36 8,65 8.00%
Caxias do Sul, RS 44 2.302,11 2.391,33 3.374,72 10,87 8.30%
Maringá, PR 44 1.779,76 1.848,74 2.609,00 8,40 7.30%
Porto Alegre, RS 44 2.622,62 2.724,27 3.844,57 12,38 7.70%
Campinas, SP 44 3.064,56 3.183,33 4.492,42 14,47 6.90%
Manaus, AM 44 1.543,19 1.603,00 2.262,20 7,30 4.80%
São Luís, MA 44 1.442,99 1.498,92 2.115,32 6,81 7.90%
Sorocaba, SP 43 3.284,59 3.411,89 4.814,96 15,95 4.30%
Vitoria, ES 44 2.434,19 2.528,53 3.568,34 11,49 8.10%
Florianópolis, SC 44 2.967,63 3.082,65 4.350,33 14,01 6.50%
Balneário Camboriú, SC 43 2.752,17 2.858,83 4.034,47 13,19 7.00%
Uberlândia, MG 44 1.710,40 1.776,69 2.507,31 8,08 5.80%
Contagem, MG 44 1.741,13 1.808,61 2.552,36 8,28 6.30%
Vila Velha, ES 44 1.939,03 2.014,18 2.842,47 9,19 7.30%
São José dos Campos, SP 44 3.065,92 3.184,75 4.494,42 14,48 7.60%
Barueri, SP 44 4.581,89 4.759,47 6.716,70 21,63 8.10%
Presidente Prudente, SP 44 1.950,31 2.025,90 2.859,01 9,21 5.50%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Avaliador de Jóias. Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Avaliador de Jóias no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos 2.313,88 2.403,56 3.391,97 4.90%
Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas não especificadas anteriormente 1.634,51 1.697,85 2.396,06 5.00%
Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários usados 2.066,49 2.146,58 3.029,31 8.30%
Atividades de consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica 1.806,35 1.876,36 2.647,98 6.30%
Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 1.827,08 1.897,89 2.678,36 6.60%
Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários 2.135,13 2.217,89 3.129,95 5.20%
Comércio a varejo de motocicletas e motonetas novas 1.568,51 1.629,30 2.299,32 8.20%
Peritos e avaliadores de seguros 2.210,22 2.295,88 3.240,02 7.10%
Comércio a varejo de peças e acessórios novos para veículos automotores 2.164,72 2.248,61 3.173,31 8.30%
Outras atividades profissionais, científicas e técnicas não especificadas anteriormente 1.876,35 1.949,08 2.750,60 6.70%
Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador não-customizáveis 2.547,13 2.645,85 3.733,90 6.60%
Gestão e administração da propriedade imobiliária 4.274,83 4.440,51 6.266,58 4.80%
Outras atividades auxiliares dos serviços financeiros não especificadas anteriormente 2.730,89 2.836,73 4.003,27 5.80%
Corretagem no aluguel de imóveis 1.801,28 1.871,09 2.640,54 7.30%
Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios 1.508,98 1.567,46 2.212,05 7.60%
Serviços de manutenção e reparação mecânica de veículos automotores 2.289,53 2.378,26 3.356,27 6.60%
Comércio varejista de outros artigos usados 2.222,74 2.308,89 3.258,37 6.10%
Corretagem na compra e venda e avaliação de imóveis 1.463,17 1.519,88 2.144,89 6.40%
Serviços de lanternagem ou funilaria e pintura de veículos automotores 2.119,90 2.202,06 3.107,61 5.90%
Representantes comerciais e agentes do comércio de veículos automotores 2.516,47 2.614,00 3.688,96 5.40%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.