O dissídio de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) 2024 já saiu. Veja aqui o salário mínimo, piso salarial e salário médio em todos os estados, capitais e principais cidades brasileiras de acordo com a convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio do sindicato de profissionais registrados em carteira com o CBO 766305 no cargo de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas).

Estado com maior salário médio

São Paulo

R$ 2.039,51

(últimos 12 meses)

Estado que mais contrata

São Paulo

3.303 admissões

(últimos 12 meses)

Cidade com maior salário médio

Icara - SC

R$ 2.948,04

Cidade que mais contrata

São Bernardo do Campo - SP

1.237 admissões

Descrição sumária do cargo

O colaborador no cargo de Acabador de embalagens (flexíveis e cartotécnicas) realiza o acabamento de embalagens, executando o tratamento final de material gráfico flexível e cartotécnico Aplica técnicas e métodos de acabamento gráfico de embalagens, interpretando documentação técnica.

Prepara e opera máquinas, equipamentos, instrumentos e ferramentas, selecionando matéria-prima e demais recursos materiais para o processo de produção, de acordo com ordem de serviço Cumpre normas e procedimentos técnicos, normas de qualidade e normas regulamentadoras de segurança e saúde no trabalho e de preservação ambiental

O que faz um Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas)

O Acabador de embalagens (flexíveis e cartotécnicas) planeja as atividades de acabamento gráfico, com base na ordem de serviço e no tipo de original Define etapas, máquinas e equipamentos a serem empregados no processo.

Providencia o material necessário para execução dos trabalhos.

Confere as especificações dos recursos materiais empregados no processo Verifica as condições técnicas e operacionais para realização do trabalho.

Realiza o acabamento gráfico de embalagens - incluindo as de material flexível e as cartotécnicas -, fazendo gravação e estampas nos produtos finalizados Utiliza máquinas e equipamentos - tais como máquinas gofradeiras, de plastificar e de corte - que permitem revestir, cortar, refilar e gofrar o material da embalagem, dentre outros métodos, para criar, realçar e preservar qualidades táteis e visuais das superfícies das embalagens.

Ajusta máquinas e equipamentos, realizando a prova da embalagem.

Registra as ocorrências do processo de acabamento de embalagens - tais como troca de material, tiragem e desempenho -, e controla o fluxo de entrada e saída dos produtos Controla a qualidade dos produtos, avaliando a embalagem e suas especificações, verificando suas medidas e legendas e coletando amostras para análise mais aprofundada de qualidade técnica do produto.

Corrige falhas de acabamento.

Realiza a manutenção produtiva das máquinas e equipamentos, consistindo tal atividade em limpeza, lubrificação, detecção de problemas de funcionamento, substituição de acessórios e monitoramento das solicitações de reparos e suas execuções Consulta manuais das máquinas e dos equipamentos, tanto para a correta operação dos recursos, como para orientação das iniciativas de manutenção preventiva Organiza o local de trabalho, realizando limpeza e conservação dos recursos materiais empregados no processo de acabamento gráfico de embalagens flexíveis e cartotécnicas.

Mantém os materiais, instrumentos e acessórios de trabalho organizados, acondicionados e em plenas condições de uso e funcionamento Controla desperdícios de material Identifica e classifica resíduos – sólidos e líquidos -, providenciando sua segregação e destinação.

Realiza as atividades de acordo com normas e procedimentos de saúde e segurança no trabalho, utilizando equipamentos de proteção individual e coletiva.

Funções do Acabador de embalagens (flexíveis e cartotécnicas)

O profissional Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) deve planejar o serviço de acabamento gráfico e editorial, realizar manutenção de máquinas e equipamentos, trabalhar com segurança, demonstrar competências pessoais, ajustar máquinas e ou equipamentos de acabamento gráfico e editorial, preparar matrizes de corte e vinco, controlar qualidade dos produtos.

Condições de trabalho da profissão

Trabalhadores do acabamento gráfico atuam em indústrias gráficas ou em setores de embalagens e gráficas de empresas industriais, comerciais ou de serviços, inclusive ensino. Organizam-se em equipe, sob supervisão permanente. Trabalham em ambiente fechado, geralmente durante o dia, expostos a materiais tóxicos, ruído intenso e altas temperaturas.

Exigências do mercado de trabalho para a profissão

Atividades exercidas por um Acabador de embalagens (flexíveis e cartotécnicas)

Um Acabador de embalagens (flexíveis e cartotécnicas) deve lubrificar as máquinas e equipamentos, manter os dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, informar a supervisão dos defeitos dos dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, monitorar o reparo das máquinas e equipamentos, testar os dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, consultar manuais de máquinas e equipamentos, traçar gabarito sobre a madeira, analisar o produto com base na ordem de serviço e tipo do original, providenciar material para execução da etapa de acabamento, registrar ocorrências (troca de material, tiragem, desempenho, etc.) do processo de produção, projetar-se utilizando o equipamento de proteção individual, corrigir falhas de acabamento, demonstrar sociabilidade, detectar problemas de funcionamento, coletar amostras para análise de qualidade, selecionar aparas e sobras para reciclagem, demonstrar acuidade visual, demonstrar acuidade métrica, definir máquinas e equipamentos de acabamento gráfico e editorial, serrar madeira para matriz de corte, demonstrar dinamismo, substituir acessórios (correias, facas, etc), realizar prova (teste) do produto, respeitar área de segurança, demonstrar habilidade motora, demonstrar senso de organização e zelo, controlar fluxo de entrada e saída dos produtos, demonstrar criatividade, analisar visualmente o produto, demonstrar meticulosidade, exigir os dispositivos de segurança das máquinas e equipamentos, sinalizar a área com indicativos de periculosidade e ou equipamento, verificar medidas e legendas do produto, limpar máquinas e equipamentos, definir etapas de acabamento.

Aumento do piso salarial e reajuste 2024 da categoria

O reajuste salarial 2024 para Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) ficou em 7.50%, obedecendo os índices de inflação do INPC - Índice Nacional de Preços ao Consumidor no período de um ano, esse é o critério para estipular o piso salarial 2024 e o início das negociações salariais entre o sindicato dos trabalhadores no cargo de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) e os sindicatos patronais.

Em algumas localidades houve aumento real do salário, ou seja, acima do índice de correção salarial e acima até mesmo do reajuste médio da categoria dos Trabalhadores do acabamento gráfico que ficou em 7.50% para 2024.

Uma observação importante é que nem sempre o aumento salarial do Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) em 2024 está atrelado a acordos e convenções coletivas, o salário base pode ser estipulado de acordo com o salário mínimo 2024 ou o piso salarial mínimo regional se houver.

Reajuste e valor do vale refeição 2024

O reajuste médio do vale refeição 2024 para Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) ficou em 3.10% de acordo com acordos coletivos, convenções coletivas e dissídios registrados no Sistema de Negociações Coletivas de Trabalho do SRT - Subsecretaria de Relações do Trabalho.

Com isso o valor médio do vale refeição para 2024 observado em instrumentos coletivos de todo Brasil ficou em R$ 23,00 por dia efetivamente trabalhado.

Como é feito o cálculo dos reajustes e pisos salariais dos Trabalhadores do acabamento gráfico 2024

O salário de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) mostrado aqui é resultado do levantamento de 7311 salários em admissões de empresas de todo o Brasil em 2024, além de dissídios, convenções e acordos coletivos da categoria em sindicatos nacionais ou regionais de Trabalhadores do acabamento gráfico que foram registrados no sistema Mediador da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, que registra os instrumentos coletivos.

Encontre o seu estado logo abaixo e saiba quanto ganha um Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) com salários atualizados em 2024. A ordem dos salários obedece a sigla dos estados em ordem alfabética. Confira:

Dissídio salarrial de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) CBO 766305 salário

Valor do salário na CCT 2024 de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) em todos os estados

Dados de dissídios coletivos para Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) por estado
UF Jornada Piso Média Teto Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Paulo 44h 1.963,41 2.039,51 2.878,21 9,30 6.10%
Santa Catarina 44h 1.890,64 1.963,91 2.771,54 8,94 7.30%
Rio Grande do Sul 44h 1.840,98 1.912,33 2.698,74 8,72 4.30%
Paraná 44h 1.711,66 1.778,00 2.509,17 8,12 4.70%
Minas Gerais 43h 1.530,08 1.589,38 2.242,98 7,32 4.70%
Rio de Janeiro 43h 1.531,24 1.590,59 2.244,68 7,35 4.50%
Ceará 43h 1.348,21 1.400,46 1.976,37 6,46 4.50%
Goiás 44h 1.522,71 1.581,73 2.232,18 7,23 6.10%
Mato Grosso do Sul 44h 1.574,58 1.635,61 2.308,22 7,43 4.20%
Amazonas 42h 1.439,26 1.495,04 2.109,85 7,05 4.70%
Espírito Santo 44h 1.352,31 1.404,72 1.982,38 6,42 7.40%
Pernambuco 43h 1.499,18 1.557,28 2.197,68 7,23 6.40%
Bahia 44h 1.587,89 1.649,43 2.327,73 7,58 7.20%
Rio Grande do Norte 44h 1.332,15 1.383,78 1.952,83 6,29 6.50%
Distrito Federal 44h 1.514,28 1.572,97 2.219,82 7,16 7.50%
Pará 44h 1.469,53 1.526,48 2.154,22 6,94 5.80%
Piauí 44h 1.320,28 1.371,45 1.935,44 6,23 6.30%
Maranhão 43h 1.643,98 1.707,70 2.409,96 7,91 5.10%

Fonte: Dados CAGED, PNAD e instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego que mencionem a profissão de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas).

Dissídio de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) por cidade

Quanto ganha um Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) nas principais cidades

Salários segundo dados do CAGED e instrumentos coletivos registrados que citem a profissão de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) na localidade
Cidade Carga Horária Piso Salarial Média Salarial Maior Salário Sal/Hora Dissídio 2024 (%)
São Bernardo do Campo, SP 44 1.917,71 1.992,04 2.811,22 9,07 7.30%
Blumenau, SC 44 1.849,29 1.920,97 2.710,92 8,73 7.60%
São Paulo, SP 44 1.959,88 2.035,84 2.873,04 9,26 4.90%
Caxias do Sul, RS 44 1.965,20 2.041,37 2.880,84 9,31 7.60%
Camboriú, SC 44 1.697,74 1.763,54 2.488,76 8,02 6.80%
Catanduvas, SC 44 1.739,20 1.806,60 2.549,53 8,21 7.20%
Barueri, SP 43 2.043,06 2.122,24 2.994,97 9,96 7.40%
Rancharia, SP 44 1.537,02 1.596,59 2.253,16 7,26 7.20%
Itajaí, SC 44 2.214,17 2.299,99 3.245,81 10,45 6.20%
Chapeco, SC 44 1.848,32 1.919,95 2.709,49 8,74 8.30%
Curitiba, PR 44 1.745,12 1.812,76 2.558,22 8,32 7.00%
Concordia, SC 44 1.826,68 1.897,48 2.677,78 8,62 7.20%
Criciúma, SC 44 2.272,68 2.360,77 3.331,58 10,73 4.40%
Diadema, SP 43 2.252,85 2.340,16 3.302,51 10,80 7.10%
Cajamar, SP 44 2.231,83 2.318,33 3.271,70 10,54 7.80%
Botucatu, SP 44 1.996,57 2.073,95 2.926,82 9,43 6.80%
Santo André, SP 44 1.985,52 2.062,47 2.910,62 9,37 8.00%
Manaus, AM 42 1.439,26 1.495,04 2.109,85 7,05 4.80%
Belo Horizonte, MG 44 1.581,15 1.642,43 2.317,84 7,47 7.90%
Maracanaú, CE 43 1.329,49 1.381,02 1.948,93 6,41 5.60%
Divinópolis, MG 42 1.497,47 1.555,51 2.195,18 7,41 6.20%
Loanda, PR 44 1.502,79 1.561,03 2.202,98 7,17 5.10%
Guarulhos, SP 44 2.188,89 2.273,73 3.208,75 10,37 7.70%
Marialva, PR 44 1.493,68 1.551,57 2.189,62 7,05 5.20%
Arujá, SP 44 2.102,11 2.183,58 3.081,54 9,93 6.50%
Rio de Janeiro, RJ 44 1.570,86 1.631,74 2.302,76 7,49 8.20%
Osasco, SP 44 2.165,47 2.249,39 3.174,41 10,22 8.20%
Porto Alegre, RS 44 1.590,98 1.652,64 2.332,25 7,59 4.20%
Mauá, SP 44 1.825,04 1.895,77 2.675,37 8,62 7.80%
Contagem, MG 44 1.448,37 1.504,50 2.123,20 6,89 5.90%

Os valores de piso salarial e porcentagem de dissídio referem-se a média observada em instrumentos coletivos registrados no sistema Mediador do Ministério do Trabalho e Emprego com abrangência na cidade ou na região e que citem a profissão de Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas). Instrumentos coletivos: Acordos, convenções ou dissídios coletivos.

Empresas que mais contratam Acabador de Embalagens (flexíveis e Cartotécnicas) no Brasil

Pisos salariais por setores das empresas
Segmento Piso Média Teto Dissídio 2024 (%)
Locação de mão-de-obra temporária 1.902,94 1.976,69 2.789,57 4.10%
Fabricação de embalagens de material plástico 2.008,40 2.086,24 2.944,16 4.10%
Fabricação de embalagens de papel 1.701,49 1.767,44 2.494,26 6.40%
Fabricação de embalagens de cartolina e papel-cartão 2.006,17 2.083,92 2.940,89 7.40%
Edição integrada à impressão de livros 1.793,58 1.863,09 2.629,26 6.30%
Fabricação de produtos de papel, cartolina, papel-cartão e papelão ondulado para uso comercial e de escritório, exceto formulário contínuo 1.833,88 1.904,95 2.688,32 7.30%
Edição integrada à impressão de cadastros, listas e outros produtos gráficos 1.877,90 1.950,69 2.752,87 4.70%
Impressão de material para outros usos 1.809,25 1.879,37 2.652,23 6.20%
Fabricação de chapas e de embalagens de papelão ondulado 1.855,59 1.927,51 2.720,16 6.40%
Impressão de material para uso publicitário 1.898,67 1.972,26 2.783,31 6.20%
Abate de aves 1.537,02 1.596,59 2.253,16 4.70%
Serviços de encadernação e plastificação 1.793,40 1.862,91 2.628,99 7.30%
Impressão de livros, revistas e outras publicações periódicas 1.832,27 1.903,29 2.685,97 4.50%
Comércio varejista de artigos de papelaria 1.723,42 1.790,22 2.526,41 8.30%
Fabricação de laminados planos e tubulares de material plástico 1.579,30 1.640,51 2.315,13 4.10%
Comércio atacadista de embalagens 1.764,06 1.832,43 2.585,98 7.30%
Serviços de acabamentos gráficos, exceto encadernação e plastificação 1.836,09 1.907,25 2.691,57 6.30%
Fabricação de produtos de papel para uso doméstico e higiênico-sanitário 1.351,82 1.404,21 1.981,67 4.40%
Fabricação de artefatos de material plástico para uso pessoal e doméstico 2.153,16 2.236,61 3.156,37 4.60%
Construção de embarcações de grande porte 2.211,32 2.297,03 3.241,64 7.20%
Fonte: Contratações formais indicadas pelas empresas ao sistema Novo CAGED e convenções coletivas patronais.